Tamanho do texto

Como consequência dos atentados terroristas em Paris, os torcedores do Gent não puderam viajar para ver o jogo contra o Lyon, pela Champions. Mas os jogadores não se esqueceram

O Gent conseguiu nesta terça-feira uma grande vitória e da forma mais dramática possível. Com um gol no último minuto,o time belga derrotou o Lyon por 2 a 1, pela penúltima rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O placar o levou à segunda colocação do Grupo H, deixando o time em boa situação para buscar a vaga nos mata-matas. 

Dava para entender, então, a euforia de seus jogadores no final, vibrando muito depois que o atacante Kalifa Koulibaly, do Mali (e de1,97m de altura) marcou o segundo gol. Durante a comemoração, os atletas ainda tiveram a presença de espírito para homenagear sua torcida, mesmo que ela não estivesse presente:

Devido às consequências dos lamentáveis atentados terroristas em Paris, os admiradores do Gent não puderam cruzar as fronteiras da Bélgica para a França e ver o jogo em Lyon, no Stade de Gerland. Vale lembrar que os suspeitos de participar dos ataques chegaram à metrópole francesa em carros vindos da Bélgica. Daí o gesto simbólico dos vencedores, em direção a um setor de arquibancada praticamente vazio, atrás de um dos gols. 

Leia também:
Com Messi realmente de volta, Barça dá mais um baile
Confira a tabela atualizada da Liga dos Campeões

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.