Tamanho do texto

Torcida organizada protestou depois de time ser eliminado da Taça de Portugal pelo rival Sporting por 2 a 1 no último sábado

EFE

Torcida organizada no centro de treinamento de Seixal
Correio da manhã
Torcida organizada no centro de treinamento de Seixal

Cerca de 20 integrantes da torcida organizada "No Name Boys" invadiram o centro de treinamento do Benfica ontem, após a derrota de sábado por 2 a 1 para o Sporting na Taça de Portugal, resultado que eliminou o time da competição.

O objetivo da invasão era protestar contra os jogadores por causa do desempenho da equipe na derrota no clássico, segundo a imprensa portuguesa.

Os seguranças do centro de treinamento de Seixal chamaram a polícia para reforçar a vigilância na região e impedir que os torcedores se aproximassem da equipe. De acordo com a imprensa local, os invasores insultaram os jogadores e a comissão técnica.

Leia também:
Com medo de terrorismo, jogador do Everton quer vender sua casa na Bélgica

O Benfica, que perdeu seis das 16 partidas oficiais na atual temporada, ocupa a quarta posição do Campeonato Português com 18 pontos, oito a menos que o líder Sporting, e está eliminado da Taça de Portugal.

Três das seis derrotas sofridas pela equipe foram para o Sporting, hoje treinado pelo ex-técnico do Benfica Jorge Jesús: a final da Supercopa de Portugal (1 a 0), uma partida pelo Campeonato Português (3 a 0) e a última, no sábado, na Taça de Portugal (2 a 1)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.