Tamanho do texto

O futebol francês lida com escândalo que virou caso de polícia. Mathieu Valbuena denunciou à autoridades uma tentativa de extorsão que faz uso de um vídeo íntimo com sua mulher

Benzema e Valbuena durante partida da Copa do Mundo de 2014
RODRIGO ARANGUA/AFP/Getty Images
Benzema e Valbuena durante partida da Copa do Mundo de 2014


O meia Mathieu Valbuena prestou depoimento por cerca de duas horas e meia nesta sexta-feira como vítima de chantagem com um vídeo íntimo dele e de sua mulher, um caso no qual um dos acusados é o atacante Karim Benzema, seu companheiro de equipe na seleção francesa.

"Valbuena esteve muito tranquilo e muito sereno durante o depoimento. Ele respondeu as perguntas da juíza com toda a sinceridade e não lamentar ter denunciado os fatos à polícia. É um dever do cidadão se defender", declarou o advogado de Valbuena, Didier Domat.

Leia também:
Benzema admite participação no caso Valbuena
+
Benzemá está relacionado para enfrentar o Barça

De acordo com Donat, as questões da juíza de Versalhes Nathalie Boutard foram relacionadas sobre o conjunto do caso, desde a origem, e sobre todas as pessoas envolvidades nele, não apenas Benzema.

"Ele (Valbuena) é a vítima e não tem intenção de prejudicar a seleção francesa nem o futebol francês, apenas utilizou seu direito de cidadão para combater um ato delitivo", destacou o advogado.

O jornal esportivo "L'Equipe" informou que imediatamente após depor, o jogador do Lyon entrou em um avião fretado por seu clube para ficar à disposição da equipe para a partida contra o Nice, pelo Campeonato Francês.

Uma das questões principais que a justiça deverá determinar é a atitude de Benzema em 5 de outubro, em um encontro que teve com Valbuena. Na ocasião, os dois falaram sobre a chantagem, e o atleta do Real Madrid é suspeito de ter agido como intermediário dos chantagistas.

Sobre isso, no último dia 11, a imprensa francesa divulgou o conteúdo de uma conversa telefônica do atacante com seu amigo de infância Karim Zetami para contar-lhe como foi a conversa com o meia e como tentou convencê-lo de que seria melhor pagar o exigido e evitar um escândalo.

Acusado desde o dia 5 de outubro por "cumplicidade de chantagem" e "participação em associação para o crime", Benzema prometeu na semana passada denunciar por quebra de sigilo a emissora "Europe 1", primeiro veículo a ter divulgado partes da conversa com Zetami. Caso seja condenado, o atacante pode ser condenado a até cinco anos de prisão. Em 13 de outubro, foram detidos três supostos chantagistas. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas