Tamanho do texto

Zagueiro uruguaio "vinga" Cavani, que foi provocado pelo jogador da seleção chilena em partida da Copa América

Godin pare para cima de Jara em partida das Eliminatóriaas
AP
Godin pare para cima de Jara em partida das Eliminatóriaas


Em sua última partida no ano, a seleção uruguaia conseguiu uma vitória tranquila sobre o Chile , pelo placar de 3 a 0. No entanto, apesar do resultado elástico, o clima dentro de campo era tenso. Tudo porque seria o primeiro encontro entre Jara e Cavani, que protagonizaram uma cena curiosa na Copa América deste ano. 

No caso, o uruguaio levou uma "mão boba" do chileno e revidou com um tapa. O árbitro, que não tinha visto o início do lance, expulsou apenas o atacante. Relembre:

Apesar disso, não foi Cavani quem protagozinou encontros ríspidos com Jara na noite de ontem. Godin, capitão do Uruguai, tomou as dores de seu companheiro e partiu para cima do chileno - no momento em que ele cometeu uma infração sobre o próprio Cavani. Na cobrança da falta, o zagueiro da Celeste abriu o placar do jogo. 

Jara foi vaiado durante toda a partida. Sempre que tocava na bola, ouvia os torcedores adversários se manifestarem negativamente. Ao final do jogo, o chileno foi visto conversando com Cavani, que admitiu ter recebido um pedido de desculpas: "O Jara me pediu desculpas por tudo que ele havia dito. Isso já é um tema passado". 

LEIA TAMBÉM:
Douglas Costa ofusca Neymar, Brasil bate o Peru e termina ano com "vaga" na Copa

Com a vitória, o Uruguai chegou aos nove pontos e ganhou uma posição na tabela, assumindo o segundo lugar das Eliminatórias. O Chile, por sua vez, caiu três posições e agora está na quinta colocação, com sete pontos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.