Tamanho do texto

Ex-jogador argentino esteve na clínica Falcon, na cidade de Maracaibo, na Venezuela, e saiu nesta segunda-feira

O ex-jogador argentino Diego Maradona
Arquivo
O ex-jogador argentino Diego Maradona

Diego Maradona recebeu alta médica nesta segunda-feira, um dia depois de ter passado na clínica Falcon, na cidade venezuelana de Maracaibo, por uma revisão de uma cirurgia bariátrica a que se submeteu em 2005.

Segundo informações repassadas por enfermeiras do centro hospitalar, o ídolo argentino deixou a clínica na tarde desta segunda depois de ter sido liberado pelo médico colombiano Carlos Felipe Chaux, que fez parte da equipe na operação de dez anos atrás e realizou os ajustes no domingo.

Leia: Messi coloca preço para deixar o Barcelona: R$ 3,5 milhões por semana

Maradona deverá permanecer na Venezuela por até 12 dias para recuperação total, mas não está claro se continuará em Maracaibo ou viajará para outra cidade. Até agora, 'El Pibe' se encontra em um hotel que reservou uma área especial para que ele se instale.

Durante sua estadia na Venezuela, o astro poderá participar de atos políticos da campanha para as eleições parlamentares do presidente Nicolás Maduro, em apoio ao partido de governo PSUV, de quem é um declarado apoiador.

Entre as razões pelas quais Maracaibo foi escolhida pelos especialistas para realizar a revisão está a equipe da Unidade de Cirurgia de Obesidade e Metabólica (Ucom), eleita para participar da intervenção, segundo explicou Chaux aos jornalistas.

O ex-capitão e ex-técnico da seleção argentina passou por uma cirurgia de redução de estômago há dez anos, quando tinha obesidade mórbida associada com problemas de hipertensão e afecção cardíaca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas