Tamanho do texto

Técnico admitiu que seleção brasileira não fez bom jogo na Argentina e minimizou partida abaixo da média de Neymar

Dunga orienta a seleção brasileira na partida contra a Argentina em Buenos Aires
André Mourão/MoWA Press
Dunga orienta a seleção brasileira na partida contra a Argentina em Buenos Aires

Dunga reconheceu que a seleção brasileira poderia ter saído com um resultado pior do que o empate contra a Argentina nesta sexta-feira. "Foi um resultado bom, mas temos que jogar melhor e voltar a ganhar", disse o treinador. O Brasil volta a campo na terça-feira, em Salvador, onde recebe o Peru pela quarta rodada das eliminatórias para a Copa de 2018.

Veja a classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias das Eliminatórias

Perguntado sobre David Luiz, que recebeu um cartão amarelo e foi expulso depois dos 40 minutos do segundo tempo, o técnico questionou o critério do árbitro no primeiro cartão, mas reconheceu que o vermelho foi merecido.

Leia também:
+ Com Neymar sem brilho e David Luiz expulso, Brasil arranca empate na Argentina

"Foi uma situação de jogo, muito nervoso, tenso. Ele levou amarelo numa dividida ali que deveria ser para os dois lados e depois arriscou, adiantou a bola, perdeu o tempo na dividida e foi merecida a expulsão, não tem do que reclamar", comentou. 

O técnico também comentou a partida de Neymar, a primeira do camisa 10 nas eliminatórias. Justificou a participação tímida alegando que o atacante jogou de forma coletiva.

"Jogou coletivamente e não fez as jogadas que estamos habituados a ver. Ficou bom tempo fora da seleção brasileira, não temos muito tempo pra treinar em um ou dois dias e até ter um entendimento rápido demora Seguramente no próximo jogo será melhor", comentou. 

O Brasil termina a terceira rodada das eliminatórias com quatro pontos, dentro da zona de classificação para a Copa do Mundo, mas cinco atrás do Equador, líder com 100% de aproveitamento. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas