Tamanho do texto

Explosões foram ouvidas do lado de fora do estádio durante o amistoso entre França e Alemanha, nesta sexta-feira

Invasão de terroristas no Bataclan, em Paris, deixou cerca de 100 mortos
EFE/EPA/YOAN VALAT
Invasão de terroristas no Bataclan, em Paris, deixou cerca de 100 mortos

Noel Le Graet, presidente da Federação Francesa de Futebol, confirmou que três pessoas foram mortas e dezenas ficaram feridas em consequência das explosões nas proximidades do Stade de France, consequência de uma série de ataques terroristas em Paris, na noite desta sexta-feira.  O estádio recebia o amistoso entre França e Alemanha, vencido pelos donos da casa por 2 a 0 .

Leia também: Tiroteios e explosões deixam centenas de mortos em Paris

"Três pessoas foram mortas e várias ficaram feridas após a explosão de uma bomba na frente da porta J do estádio", disse Le Graet a TVInfosport +.

François Hollande, presidente da França, estava assistindo ao jogo no local. As explosões, com o jogo em andamento, foram ouvidas de dentro do estádio. "O presidente teve de sair muito mais cedo por causa dos tiroteios que ocorreram em Paris para se juntar ao Ministério do Interior", completou Le Graet.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.