Tamanho do texto

Sem Messi, machucado, brasileiro assume papel de estrela principal no maior clássico entre seleções do mundo

Neymar está de volta à seleção brasileira após cumprir suspensão
André Mourão/MoWA Press
Neymar está de volta à seleção brasileira após cumprir suspensão


Neymar faz nesta quinta-feira seu primeiro jogo pelas  Eliminatórias de Copa do Mundo . Depois de ter visto a seleção brasileira sucumbir sem ele no último Mundial, carrega ainda mais a responsabilidade de ser o jogador capaz de reconduzir a equipe, perdida sempre que ele não atua. E sua estreia na mais difícil eliminatória das últimas Copas será justamente contra a Argentina, em Buenos Aires, às 22h (de Brasília).

Leia: CBF incentiva a "não notícia" e Neymar é assunto até quando não está envolvido

Neymar é o centro das atenções da seleção brasileira há pelo menos três anos. É a referência técnica de um time que colecionou insucessos e foi protagonista na única conquista da equipe da CBF no período, a Copa das Confederações de 2013. Sem ele, a Copa América deste ano terminou em fracasso. Em 2011, com ele ainda sem completar um ano de seleção, também houve decepção brasileira na Copa América.

Hoje, respaldado por duas temporadas e meia pelo Barcelona, laureado com todos os títulos possíveis por seu clube e sendo não só coadjuvante de Messi, mas peça importante do ataque mais espetacular do planeta ao lado do uruguaio Luís Suárez, Neymar entrará em campo no Moumental de Núñez como o “cara” entre os 22 boleiros que iniciarem o clássico.

Leia: Em terceira temporada pelo Barcelona, Neymar supera Messi e Cristiano Ronaldo

Ele não terá Messi para concorrer como centro das atenções. O melhor do mundo (nas palavras do próprio Neymar) não conseguiu se recuperar de lesão e é desfalque para uma combalida seleção argentina que já não terá Sergio Agüero e Carlos Tevez.

As baixas aumentam a pressão na Argentina, que ainda não venceu nas eliminatórias e não marcou nenhum gol. O cenário é ideal para Neymar prevalecer confirmando seu status de estrela mundial.

Leia: Novato, Cássio elogia experiência de Jefferson e Alisson, mas quer ser titular

Nos treinos de terça-feira, os primeiros de Neymar antes da partida, o jogador foi quem mais despertou o interesse dos presentes ao CT do Corinthians. Entre agentes da Polícia Federal Rodoviária, fãs convidados de patrocinadores da CBF e funcionários do Corinthians, e claro, nas lentes dos fotógrafos, era nele estava o foco.

Em Buenos Aires, onde Messi deveria reinar solo, será do brasileiro o grande protagonismo. Campeão por onde passou e quinto maior artilheiro da história da seleção brasileira, Neymar está pronto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas