Tamanho do texto

Jogadores falam sobre a importância do craque para a seleção. Ex-santista vive uma de suas melhores fases pelo Barcelona

Kaká e Neymar em treino da seleção brasileira em Nova Jersey
Leo Correa/Mowa Press
Kaká e Neymar em treino da seleção brasileira em Nova Jersey


David Luiz e Kaká comemoraram o retorno de Neymar à seleção brasileira para as partidas contra Argentina, nesta quinta-feira, em Buenos Aires, e Peru, na próxima terça, em Salvador, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

"É sempre muito importante contar com Neymar", declarou a jornalistas o zagueiro do Paris Saint-Germain sobre o retorno do craque do Barcelona, que ficou de fora dos dois primeiros compromissos da seleção na disputa por uma vaga no próximo Mundial - derrota por 2 a 0 para o Chile e victória por 3 a 1 sobre a Venezuela - por suspensão.

"Contar com a presença dele dentro do grupo é fundamental. É uma pessoa que acrescenta em todos os sentidos, e a volta dele dá uma confiança ainda maior dentro e fora do campo", completou David Luiz.

Ainda sem Neymar, Daniel Alves e o zagueiro Gabriel Paulista, a seleção realizou seu primeiro treino  no CT do Corinthians, onde o elenco dirigido por Dunga começou sua concentração na noite de domingo.

Leia também:
Corinthians recebeu seleção antes de queda de Mano. Hoje, Tite é sombra de Dunga

Sobre o clássico com a Argentina no estádio Monumental de Núñez, David disse que os rivais têm jogadores de qualidade para suprir a ausência do astro Lionel Messi.

"Estão sem o melhor do mundo, mas não deixam de ter jogadores de nível que também podem fazer a diferença, assim como nós também temos", ressaltou.

Companheiro de equipe dos argentinos Ángel Di María, Ezequiel Lavezzi e Javier Pastore, David Luiz contou que o clássico foi um dos temas mais falados no vestiário do PSG nos últimos dias, embora de uma forma "saudável e sem apostas".

"A motivação de ganhar um dos maiores clássicos do futebol mundial tanto para nós brasileiros como para os argentinos é muito grande, e não precisa de nenhuma motivação extra", complementou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas