Tamanho do texto

Jornais do mundo todo destacam a jogada do craque brasileiro contra o Villarreal, neste domingo, pelo Barcelona. Desde um fim da 'Messidependência' do time a comparação ao argentino

O Camp Nou aplaudiu Neymar de pé
David Ramos/Getty Images
O Camp Nou aplaudiu Neymar de pé


O golaço marcado contra o Villarreal neste domingo, em vitória do Barcelona por 3 a 0 sobre o Villarreal, coloca Neymar nas manchetes mundo afora, com uma aclamação unânime em torno do talento do atacante brasileiro.

À véspera de se apresentar à seleção para a disputa de duas partidas pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, o atacante fez um dos lances mais bonitos de sua carreira que deixou espectadores e especialistas maravilhados. 

A mídia de Barcelona é até surpreendentemente contida ao falar sobre o lance no qual o jogador deu um chapéu em Jaume Costa de costas para o adversário, girou e completou de primeira, para definir um triunfo -- isso depois de ter aberto o placar no Camp Nou e de ter presenteado o time com mais um pênalti, convertido por Luis Suárez.

Leia também: Qual foi o saldo da seleção na breve ausência de Neymar?

Dizo jornal "Mundo Deportivo": "Foi uma obra de arte que Messi assinaria". Já o diário "Sport", entre muitos textos decidados ao jogo, estampa um artigo opinativo que afirmava: : "Neymar encanta e, com Suárez, acaba com a 'Messidependência'". 

Sim, o Barça vai vencendo seus jogos mesmo sem a presença de Lionel Messi, que está afastado dos gramados desde setembro, devido a uma ruptura de ligamento no joelho. Enquanto o craque argentino se recupera, é natural, então, que os jornais discutam a ascensão do brasileiro, acompanhado pelo artilheiro uruguaio. 

Nessa seara, o sempre espirituoso jornal "Olé!", principal veículo esportivo da imprensa argentina, afirma que os dois não podem ser comprados... Para, algumas linhas abaixo, fazer justamente isto. "Foram dois gols e uma atuação estupenda. Não, não o comparemos. Não com ele. Mas, acredite, Neymar é estratosférico. Não há adjetivos para descrever o que está fazendo com a camisa do Barcelona", escreve. "Dá a sensação de que está jogando para ser Messi", completa, lembrando .que o brasileiro tem dez gols e seis assistências nas últimas sete partidas com o clube espanhol.

De volta à Espanha, mas com um jornal mais habituado a celebrar os feitos do Real Madrid, o "Marca" diz que "Neymar sobe aos altares, com um espetacular". "Ele inventou uma acrobacia para aniquilar o Villarreal", destaca.

Na Itália, "La Gazzetta dello Sport" fala em "exultação a Neymar". "Pouco antes do final, Neymar voltou a presentear o mundo com uma pérola. Foi magnífico".

Na Alemanha, o país que aplicou um doloroso 7 a 1 na seleção brasileira -- num jogo sem Neymar, registre-se -- o tabloide "Bild" publica o seguinte: "Neymar brilha com um gol de classe e leva o Barcelona à vitória. Valeu a pena testemunhar".

Chegando à França, o diário "L'Équipe" mancheta que "Neymar registrou um gol espetacular". Em Portugal, "A Bola" fala em gol "genial". "Neymar está fazendo um arranque de temporada verdadeiramente impressionante. Esta tarde, o craque voltou a evidenciar o seu excelente momento. O gol é uma autêntica obra de arte, tratando-se de um lance que ilustra na perfeição o talento individual do brasileiro".

Por fim, na Inglaterra, cuja mídia em geral demonstrou certa cautela ao tratar a evolução do brasileiro, a sensação é de rendição. O jornal "The Guardian" foi mais um a lembrar a ausência de Messi: "Uma coisa está clara: Neymar e Suárez estão dando aos torcedores do Barcelona a esperança de que eles não precisam de Messi para conseguir um bom resultado contra o Real Mdarid no Santiago Bernabéu (pela próxima rodada do Campeonato Espanhol)".

O site da "BBC" descreve o lance foto a foto e afirma que foi um "gol deslumbrante". Abre também espaço para comentários de seus leitores, com palavras como "cruel", "surpreendente", "o garoto é um gênio". 

Já o diário "Independent" deixou Messi de lado para citar o talentoso, mas controverso Paul Gascoigne: "Neymar anota um gol maravilhoso para o Barcelona, reminiscente do que Paul Gascoigne fez na Euro 96". Relembre o gol de Gascoigne: 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.