Tamanho do texto

Zagueiro ainda avaliou a ausência do "melhor do mundo" Messi e lembrou que a Argentina tem outros bons jogadores

David Luiz se apresenta a Dunga em São Paulo
André Moraes/Mowa Press
David Luiz se apresenta a Dunga em São Paulo

Alguns dos convocados pelo técnico Dunga para as próximas partidas das Eliminatórias da Copa já chegaram em São Paulo , onde ficarão hospedados e treinarão no CT do Corinthians. A principal novidade é o retorno do craque Neymar, que estava suspenso e ficou fora dos dois primeiros jogos. O atacante do Barcelona ainda não se apresentou, mas sua volta já é motivo de comemoração entre seus companheiros.

David Luiz, zagueiro do Paris Saint-Germain, se mostrou feliz com o retorno do camisa 10 brasileiro e ressaltou que a importância do atacante do Barcelona vai além do que ele pode apresentar dentro de campo. 

"É sempre muito importante contar com o Neymar. Além do poder de decisão, contar com a presença dele dentro do grupo é fundamental. É uma pessoa que agrega em todos os sentidos e ter o retorno dele dá uma confiança ainda maior dentro e fora de campo", disse.

A primeira das duas partidas será contra a Argentina, dia 12, em Buenos Aires e Lionel Messi ficará fora por conta de lesão, mas isso, de acordo com David, não é motivo para acreditar que o clássico será fácil.

"Estão sem o melhor do mundo, mas não deixam de ter jogadores de nível que também podem fazer a diferença. Assim como nós temos também", acrescentou.

Por fim, o defensor falou sobre a boa rivalidade que ele tem com os argentinos Di Maria, Lavezzi e Pastore, companheiros de PSG.

“A conversa sobre o jogo é inevitável. Jogar pela Seleção é sempre motivo de orgulho e disputar uma partida desse porte faz com que a ansiedade entre nós se torne maior. Mas é tudo muito saudável. Não apostamos nada. Até porque, um jogo desse porte não precisa disso. A motivação em ganhar um dos maiores clássicos do futebol mundial tanto para nós brasileiros como para os argentinos é muito grande e não precisa de nenhuma motivação extra”, completou.

A seleção brasileira enfrentará, além da Argentina, o Peru, dia 17, em Salvador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas