Tamanho do texto

Modesto Roma, presidente do clube, acredita que a vaga para o torneio ajudará a segurar nomes como Gabriel e Lucas Lima

O meia Lucas Lima tem sondagens do futebol europeu para 2016
Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação
O meia Lucas Lima tem sondagens do futebol europeu para 2016

Será na Vila Belmiro que o Santos  iniciará a briga pelo título da Copa do Brasil  com o Palmeiras, a partir de 25 de novembro. Modesto Roma, presidente do clube, descartou qualquer possibilidade de levar o primeiro jogo da decisão para outro estádio que não seja o do Peixe, em conversa com jornalistas nesta quinta-feira, na sede da Federação Paulista de Futebol, que sorteou os grupos do Estadual do ano que vem .

O campeão da Copa do Brasil garantirá vaga na Copa Libertadores do ano que vem. Chegar ao torneio continental, além de coroar uma temporada produtiva para o Santos, atual campeão paulista, seria primordial para manter alguns jogadores cobiçados no mercado. Por isso, Roma torce pela classificação para manter o elenco forte para 2016. 

Leia também: Jogar a Copa Libertadores em 2016 é o objetivo de Gabriel pelo Santos

"É uma das prioridades (manter jogadores). Lucas (Lima), Marquinhos Gabriel... Manter Geuvânio, Gabriel...", disse Roma. "No ano passado, os jogadores queriam sair do Santos. Este ano, não vejo nenhum jogador querendo sair, só vejo jogador preocupado em dar todo o seu esforço para poder ficar. O ambiente é gostoso, é bom. Se nós conseguirmos a glória de disputar a Libertadores, vamos manter um elenco muito bom", completou o presidente.

Entre os nomes citados pelo dirigente, Marquinhos Gabriel está emprestado pelo Al Nassr, da Arábia Saudita, até 31 de dezembro, e tenta negociar sua permanência. O clube do Oriente Médio pede 4 milhões de dólares (quase R$ 16 milhões) para liberar o jogador, mas o Santos quer tentar prorrogar o empréstimo.

Já Lucas Lima, constantemente convocado pelo técnico Dunga para defender a seleção brasileira, tem atraído a atenção de clubes europeus, como o Porto, de Portugal. A ideia é mantê-lo até a metade do ano que vem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas