Tamanho do texto

Atualização do ranking de seleções coloca time europeu que nunca venceu um campeonato à frente de finalistas da Copa

Jogadores da Bélgica fazem festa por vitória sobre Andorra, que garantiu a posição no ranking
David Ramos/Getty Images
Jogadores da Bélgica fazem festa por vitória sobre Andorra, que garantiu a posição no ranking

A Fifa confirmou que a Bélgica é a nova líder do seu ranking de seleções. Em atualização mensal divulgada nesta quinta-feira, a entidade aponta que a equipe liderada por Eden Hazard, meia do Chelsea, tem 1440 pontos contra 1388 da Alemanha, atual campeã do mundo. O Brasil, que era sétimo no ranking de outubro, caiu uma posição e é oitavo. 

O maior destaque entre as seleções sul-americanas é o Chile. Campeão da Copa América, a equipe estreou com duas vitórias nas eliminatórias para o Mundial da Rússia e subiu quatro posições: é a quinta do ranking. A equipe de Jorge Sampaoli deixou Brasil e Colômbia para trás. É agora a segunda melhor seleção do continente, atrás somente da Argentina, terceira colocada. 

Veja também:
Como assim? Entenda o que levou a Bélgica à liderança do ranking da Fifa

Entre as seleções europeias, ficou confirmada a queda da Holanda. A seleção que terminou a última Copa do Mundo na terceira colocação não conseguiu se classificar para a Eurocopa de 2016 e caiu mais duas posições. Ocupa a 16ª do ranking.

A próxima atualização do ranking da Fifa será divulgada no dia 3 de dezembro e já considerar os resultados das partidas válidas por eliminatórias da Copa do Mundo e também as de repescagem para a Euro 2016.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.