Tamanho do texto

Diego Ceballos e assistente Marcelo Aumente estão afastados por tempo indeterminado por marcações equivocadas

Boca Juniors comemora o título da Copa Argentina
EFE/Nicolás Aguilera
Boca Juniors comemora o título da Copa Argentina


O árbitro Diego Ceballos e seu assistente Marcelo Aumente foram suspensos nesta quinta-feira por tempo indeterminado pela Associação do Futebol Argentino (AFA) devido a sua polêmica atuação na final da Copa Argentina, disputada ontem e na qual o Boca Juniors venceu o Rosario Central por 2 a 0.

"O presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), o senhor Luis Segura, decidiu suspender por tempo indeterminado o árbitro Diego Ceballos e o árbitro assistente Marcelo Aumente", informou a AFA em seu site.

Na final, o árbitro marcou pênalti por uma falta cometida fora da área, que Nicolás Lodeiro, ex-Botafogo e Corinthians, converteu em gol. Depois, validou o gol anotado por Andrés Chávez em posição irregular.

"Olhando as imagens, me dei conta do erro. Peço desculpas, sou um ser humano, não um robô. Estou sem dormir, sem ânimo. É o maior erro da minha carreira. Não foi penal" disse hoje Ceballos após desembarcar no aeroporto Jorge Newbery, em Buenos Aires, voltando de Córdoba, onde foi realizada a partida.

Confira os gols com lances polêmicos da final da Copa Argentina:

Assista a outros vídeos do canal Fox Sports

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas