Tamanho do texto

Empresário italiano faz oferta milionária para levar treinador ao Monaco, mas Roman Abramovich exige o dobro para liberar

José Mourinho
Getty Images
José Mourinho


Após a derrota do Chelsea para o Liverpool, no último sábado, muito se fala sobre uma possível demissão de José Mourinho do cargo de técnico dos Blues. No entanto, uma oferta recusada por Roman Abramovich indica que o dono do clube não pretende se livrar do português. 

Em nota divulgada à agência EFE, o empresário italiano Alessandro Proto informou que fez uma proposta de € 50 milhões (mais de R$ 206 milhões) para levar The Special One ao Monaco - clube do qual é acionista. 

Leia também:
Fàbregas nega ter iniciado boicote para a demissão de Mourinho

"Oferecemos € 50 milhões para ter o treinador de imediato, mas a exigência foi de € 100 milhões e este valor parece exagerado", disse Proto, por meio do comunicado. O empresário ainda completou dizendo que o Monaco "não paga um valor similar" a este. 

Entretanto, Proto diz que ainda vai pensar na proposta, pois considera Mourinho o melhor treinador do mundo e acredita que o português possa valer a pedida. Além disso, afirma que há um clube da Espanha, um da França e um dos Estados Unidos que estariam dispostos a pagar os valores pedidos pelo Chelsea. Por isso, acredita que o técnico não permanecerá na Inglaterra por muito tempo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas