Tamanho do texto

Depois de o brasileiro dizer não a uma proposta de R$ 780 mi, clube inglês se volta para Anthony Martial, do Monaco, que foi autorizado a deixar a seleção francesa para fechar o negócio

Anthony Martial, do Monaco, encara marcação de Jose Gaya e Enzo Perez, do Valencia
Valerio Pennicino/Getty Images
Anthony Martial, do Monaco, encara marcação de Jose Gaya e Enzo Perez, do Valencia


O jovem atacante francês Anthony Martial, de 19 anos, do Monaco, recebeu uma liberação de 24 horas nesta segunda-feira para deixar a concentração da seleção francesa nos arredores de Paris e viajar para a Inglaterra para assinar com o Manchester United.

"(O jogador) pediu ao técnico Didier Deschamps a autorização para ir à Inglaterra para assinar um contrato com o Manchester United", anunciou em comunicado a FFF (Federação Francesa de Futebol). 

Vale lembrar, todavia, que Martial não foi o primeiro alvo do clube dirigido pelo holandês neste fechamento de janela do futebol europeu. No final de semana, o clube de Manchester ouviu um "não" por parte de Neymar, a despeito de uma proposta de 190 milhões de euros (aproximadamente R$ 780 milhões). 

Leia tambémNeymar se recupera de caxumba e volta a jogar pelo Barcelona

Martial, que recebeu a permissão para se afastar "dadas as circunstâncias excepcionais", retornará na terça-feira à concentração em Clairefontaine, após fechar a transferência para a equipe de Manchester.

A liberação confirma notícias da imprensa inglesa que indicavam o garoto como o mais novo reforço do ataque de Louis van Gaal, valendo mais de 50 milhões de euros (cerca de R$ 200 milhões). O jornal "L'Équipe, da França, porém, fala em valor de 70 a 80 milhões de euros (mais que R$ 280 milhões). Qualquer um desses valores representaria um lucro exorbitante para os cofres do Monaco. O clube contratou o jogador do Lyon, em 2013, por 5 milhões de euros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.