Tamanho do texto

Alexis Viera estava acompanhado da sua mulher no momento em que foi abordado pelos atiradores na cidade de Cali

A violência urbana fez mais uma vítima no esporte. O goleiro Alexis Viera, uruguaio naturalizado colombiano, foi assaltado e baleado próximo de uma agência bancária na cidade  de Cali, na Colômbia. A esposa do atleta acabou levando um tiro na cabeça e não há informações sobre o seu estado de saúde.

Alexis Viera, goleiro colombiano que foi baleado em Cali
Reprodução/Twitter
Alexis Viera, goleiro colombiano que foi baleado em Cali

O atleta do Dépor FC, clube da 2ª divisão local, ficou gravemente ferido no pulmão esquerdo, não corre risco de vida, mas pode ficar paraplégico. Exames médicos recentes apontaram constataram uma lesão medular. Segundo o jornal "Ovacion", ele já não sente os estímulos nas pernas.

O general Hoover Penilla, comandante da Polícia Metropolitana de Cali, ofereceu 50 milhões de pesos (R$ 55 mil) como recompensa por informações que ajudem na captura dos atiradores.

O goleiro, de 36 anos, conta com passagens por Racing, River Plate e Nacional (Uruguai), Ñublense (Chile) e América de Cali (Colômbia).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.