Tamanho do texto

Treinador do Tigres vai assumir seleção mexicana por quatro jogos. Prioridade da federação é contratar técnico são-paulino

Ricardo Ferretti, técnico brasileiro radicado no México, comanda o Tigres
Eduardo Verdugo/AP
Ricardo Ferretti, técnico brasileiro radicado no México, comanda o Tigres

O brasileiro Ricardo Ferretti, técnico do Tigres, dirigirá à seleção do México de forma interina nos jogos de setembro e outubro, informou nesta quinta-feira Decio de María, presidente da Federação Mexicana de Futebol.

Tuca Ferretti, como é conhecido, será técnico interino enquanto a federação completa o processo de designar um treinador para comandar a equipe mexicana até a Copa da Rússia, em 2018, segundo De María. Segundo a imprensa local, a prioridade da federação é contratar Juan Carlos Osorio, técnico do São Paulo.

Leia também:
+ Dirigentes da Federação Mexicana estão em São Paulo para tentar contratar o técnico

A seleção do México ficou sem treinador no último dia 28 de junho, dois dias após conquistar a Copa Ouro, depois da demissão de Miguel Herrera por agredir um jornalista.

De María confirmou que Ferretti se ofereceu para assumir a seleção durante os amistosos que fará nos meses de setembro e outubro para dar mais tempo à federação.

Ferretti estreará no dia 4 de setembro contra Trinidad e Tobago e no dia 8 do mesmo mês enfrentará a Argentina em amistosos que serão disputados nos Estados Unidos.

No dia 10 de outubro enfrentará os Estados Unidos por uma vaga na Copa das Confederações de 2017, no jogo mais importante deste período, e no mesmo mês terá um amistoso contra um rival ainda não confirmado.

Ricardo Ferretti, nascido no Rio de Janeiro em 1954, chegou ao México em 1977 contratado pelo Atlas, em 1978 foi transferido ao Pumas, e também defendeu Deportivo Neza, Monterrey e Toluca. Neste ano, comandou o Tigres na campanha histórica na Libertadores, acabando com o vice-campeonato.

Sua carreira como treinador começou como auxiliar de Miguel Mejía Barón, e estreou como técnico no Pumas em 1991. Depois dirigiu Chivas Guadalajara, Toluca, Morelia e Tigres, em três ocasiões.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.