Tamanho do texto

Valor representaria um salto para o Raqui San Isidro, time que tem orçamento de aproximadamente 100 mil euros

EFE

Pedro ao lado de Fàbregas no seu primeiro dia de treinos no Chelsea
Divulgação/Chelsea FC
Pedro ao lado de Fàbregas no seu primeiro dia de treinos no Chelsea

O Raqui San Isidro, time que disputa a quinta divisão do Campeonato Espanhol, cobrará 410 mil euros (R$ 1,59 milhão) por ter contribuído na formação do atacante espanhol Pedro, vendido pelo Barcelona ao Chelsea, conforme informou o presidente do clube, Jaime Lorenzo.

O mandatário explicou em declarações à Agência Efe que o clube tem direito a 1,5% dos 27 milhões de euros (R$ 105 milhões) que o Barcelona receberá pela transferência internacional.

Leia também:
+ Novo reforço do Chelsea, atacante Pedro é oficializado por R$ 117,4 milhões

Jaime Lorenzo, que quando chegou à presidência revelou que o clube tinha uma dívida de 300 mil euros (R$ 1,16 milhão), afirmou que o dinheiro referente à venda de Pedro poderá quitar os débitos e ainda abastecer o caixa.

O orçamento anual do Raqui San Isidro é de aproximadamente 100 mil euros (R$ 389 mil), incluindo todos os gastos com as categorias de base do clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.