Tamanho do texto

Meia disse que sempre sonhou em jogar o Campeonato Inglês e por isso se transferiu para o Manchester United neste ano

Bastian Schweinsteiger faz sua estreia pelo Manchester United, contra o Tottenham
Clive Brunskill/Getty Images
Bastian Schweinsteiger faz sua estreia pelo Manchester United, contra o Tottenham

O jogador alemão Bastian Schweinsteiger negou nesta quarta-feira que haja um conflito técnico com o treinador do Bayern de Munique, Pep Guardiola, e afirmou ter se transferido para o Manchester United porque sempre desejou jogar no Campeonato Inglês.

"Ele me escreveu quando estava decidindo minha mudança. Tudo está perfeitamente bem entre nós. Temos uma relação normal", afirmou Schweinsteiger em entrevista ao popular jornal "Bild" desde a Inglaterra.

O ex-jogador do Bayern e campeão do mundo no Brasil deixou o poderoso clube bávaro após a temporada passada, o que suscitou os rumores sobre os problemas de Guardiola com alguns jogadores "históricos" de seu elenco.

Schweinsteiger explicou que já em 2010, quando prorrogou seu contrato com o Bayern, já tinha contatos com clubes estrangeiros, mas que então decidiu não deixar o clube sem ter ganho uma Liga dos Campeões.

Em 2013, os bávaros conquistaram os três mais importantes títulos, lembrou o "Bild", por isso que agora o jogador decidiu mudar de ares.

Schweinsteiger brinca com a "perda" que isso representa para a chanceler Angela Merkel, uma admiradora declarada do jogador, diz que provavelmente convidará a líder do país a visitá-lo no estádio de Old Trafford.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.