Tamanho do texto

Argentino e português ficaram entre os três melhores pelo quinto ano consecutivo; brasileiro ficou atrás de Buffon

EFE

Pelo quinto ano, o argentino Lionel Messi, do Barcelona, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, são dois dos finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa na temporada, desta vez acompanhados do uruguaio Luis Suárez, que também defende a equipe catalã.

Messi, Cristiano Ronaldo e Suarez são os finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa
REPRODUÇÃO/UEFA
Messi, Cristiano Ronaldo e Suarez são os finalistas do prêmio de melhor jogador da Europa

Os três foram os mais votados por jornalistas de cada uma das 54 federações filiadas à Uefa, que tinham que apontar os cinco melhores da temporada, do primeiro ao quinto, com pontos distribuídos de cinco a um, respectivamente.

Neymar, outro integrante do poderoso trio de ataque do Barça, terminou a disputa na quinta colocação, com 23 pontos, atrás do goleiro italiano Gianluigi Buffon, da Juventus. Esta foi a primeira vez que um brasileiro terminou no 'top-10', desde a implantação do prêmio, na temporada 2010/2011.

Messi e Ronaldo sempre ficaram entre os três primeiros, com o argentino vencendo a primeira edição e o português levando a melhor na mais recente, em 2013/2014. O espanhol Andrés Iniesta e o francês Franck Ribéry foram outros que já conquistaram o prêmio.

O uruguaio Luis Suárez, por sua vez, nunca havia ficado entre os principais jogadores da Europa. O melhor resultado foi o oitavo lugar na temporada passada, ainda como jogador do Liverpool.

Agora, o júri de especialistas votará entre os finalistas para que seja conhecido o vencedor durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, que acontecerá em Mônaco, no dia 27 deste mês.

Futebol feminino

A meia alemã Dzsenifer Marozsán, do FFC Frankurt, a também alemã Célia Sasic, recém-aposentada, e a meia francesa Amandine Henry, do Lyon, também foram anunciadas pela Uefa como finalistas do prêmio de melhor jogadora da Europa na temporada 2014/2015.

Marozsán e Sasic integraram o elenco do FFC Frankfurt que conquistou a Liga dos Campeões da Europa na temporada passada. Henry, por sua vez, venceu o Campeonato Francês nesta temporada.

Nenhuma das três atletas havia sido indicada para participar da final do prêmio da Uefa, no entanto, foi mantida a tradição de sempre haver duas alemãs na disputa pelo título.

Em 2013, Nadine Angerer venceu, seguida pela compatriota Lena Goessling e a sueca Lotta Schelin. No ano seguinte, nova dobradinha germânica, com Nadine Kessler levando a melhor, a frente de Martina Müller e de outra jogadora proveniente da Suécia, Nilla Fischer.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.