Tamanho do texto

Meia-atacante, de 34 anos, chega com muita responsabilidade ao time carioca, na zona de degola do Brasileirão

O atacante Nenê treina pela primeira vez no Vasco
Paulo Fernandes/Vasco.com.br
O atacante Nenê treina pela primeira vez no Vasco


Doze anos fora do Brasil e Nenê não é mais o mesmo. Apresentado pelo  Vasco , nesta quarta-feira, o meia-atacante é outro jogador desde que deixou o Santos rumo ao futebol espanhol para atuar pelo Mallorca. Experiente, o jogador chega em um momento complicado para ser uma das referências da equipe que busca uma reviravolta no Brasileirão para evitar o terceiro rebaixamento em sete anos.

Confira a classificação do Campeonato Brasileiro

"Quero agradecer a confiança de todos. Estou muito feliz de estar aqui e vou dar o máximo para ajudar os meus companheiros a sair dessa situação. Espero estrear o mais rápido possível. A temporada na Europa acaba no fim de maio, ficamos um mês de férias. Não vai demorar muito. Depende do Paulo Paixão (preparador físico) e do treinador (Celso Roth)", disse.

O presidente do Vasco, Eurico Miranda, fez muitos elogios a contratação do jogador. Segundo o mandatário, o história vencedor do atleta vai trazer muitos benefícios ao elenco vascaíno.

Leia: Zico tenta levar Adriano para Índia, mas Liga o rejeita por causa de seu passado

"Só uma apresentação formal porque o Nenê dispensa apresentação. Se alguém não conhece, problema de vocês, não meu, mas deveria conhecer. Estou apresentando não é nem como reforço, mas como uma contratação que temos a certeza que vai ser da maior importância nessa virada que vai começar domingo", disse.

O presidente ainda aproveitou para dar uma cutucada no Flamengo, rival do Vasco nas oitavas de final da Copa do Brasil. "Ele (Nenê) vai jogar contra o Flamengo e vai ganhar do Flamengo. Pronto. Essa pergunta é a que me agrada. Eu nem sabia que já havia tido sorteio quando comecei a falar com ele. Mas ele sabe como a gente pensa em relação à rivalidade. Eu nunca tive dúvida, mas se tivesse algum resquício de dúvida, ela teria acabado aí", disse.

Nenê foi revelado pelo Paulista, de Jundiaí, mas ganhou projeção nacional quando atuou pelo Palmeiras e pelo Santos, no início dos anos 2000. A partir daí, fez carreira extensa na Europa. Atuou por Mallorca, Alavés, Celta e Espanyol, na Espanha, PSG e Monaco, na França, e West Ham, na Inglaterra. Entre 2013 e 2014, teve uma breve passagem pelo Al-Gharafa, do Qatar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.