Tamanho do texto

Texto publicado hoje no Diário Oficial do Estado já passa a valer para jogo entre Cruzeiro e Palmeiras, neste domingo

O governador do Estado de Minas Gerais, Fernando Pimentel, sancionou nesta quinta-feira (06), a venda de bebidas alcoólicas nos estádios mineiros. Com a decisão, publicada hoje no Diário Oficial do Estado, está liberado a comercialização e o consudo de bebidas desde a abertura dos portões até o final do intervalo entre o primeiro e o segundo tempo.

O Mineirão é o mais tradicional palco do futebol em Minas Gerais
Pedro Vilela/Getty Images
O Mineirão é o mais tradicional palco do futebol em Minas Gerais

Na partida entre Cruzeiro  e Palmeiras , neste domingo, no Mineirão, válido pela 17ª rodada do Brasileirão , as bebidas já poderão ser comercializadas. De acordo com a lei, caberá ao responsável pela gestão dos estádios, no caso de Mineirão e Independência, Minas Arena e BWA, respectivamente, definir os locais onde a comercialização e o consumo dos produtos serão permitidos, sendo proibida a prática nas cadeiras e arquibancadas.

Para os torcedores que descumprirem as regras, haverá uma multa de até R$ 130,00 e todos serão convidados a se retirar do local. Já para os fornecedores, a punição por vender em horários ou locais proibidos será de até R$ 13.614,50.

A comercialização de bebidas alcoólicas foi proibida em todos os estádios de Minas Gerais no ano de 2007. Durante a Copa do Mundo de 2014, porém, a medida não foi adotada, já que todas as arenas do torneio venderam cerveja, conforme as normas da Fifa.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.