Tamanho do texto

Má vontade de boa parte de argentinos com o jogador faz técnico pensar que atacante poderia jogar tudo para o ar

Messi coleciona vice-campeonatos com a Argentina: no Mundial e na Copa América
AP Photo/Natacha Pisarenko
Messi coleciona vice-campeonatos com a Argentina: no Mundial e na Copa América

O técnico da seleção argentina, Gerardo Martino, deu declaração polêmica nesta terça-feira, em entrevista à uma emissora argentina, garantindo que se fosse Lionel Messi, não vestiria mais a camisa 'albiceleste'.

"Se eu estivesse no lugar dele, já teria deixado de jogar na seleção há muito tempo, mas seguiria jogando pelo Barcelona", disse o treinador durante participação em programa da "Fox Sports".

Para Martino, a imprensa da Argentina deveria fazer uma avaliação sobre a forma como trata o camisa 10, pelas constantes críticas feitas ao principal jogador do país.

O técnico negou que Messi pediu para ficar de fora dos próximos compromissos dos vice-campeões mundiais, garantindo que o convocará para o amistoso contra o México, agendado para 8 de setembro.

"Nem da boca dele, nem da minha boca, nem da boca do presidente da Associação de Futebol Argentina (Luis Segura) saiu que Messi iria tirar um descanso da seleção. É muito difícil explicar algo que nenhum de nós provocou", afirmou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.