Tamanho do texto

"É a medalha do perdedor. É uma boa lembrança para ele", declarou o técnico do Chelsea após sua medalha da Supercopa da Inglaterra ser pega por um torcedor de dez anos do Arsenal

Conhecido tanto pela capacidade de montar bons times quanto pelas polêmicas nas quais se envolve, o técnico do Chelsea, José Mourinho, iniciou oficialmente a temporada 2015/2016 com uma derrota para o Arsenal  por 1 a 0 na Supercopa da Inglaterra neste domingo, mas nem por isso deixou de se destacar.

José Mourinho durante a decisão da Supercopa da Inglaterra
Getty Images/Shaun Botterill
José Mourinho durante a decisão da Supercopa da Inglaterra

Após a entrega de troféus, Mourinho pegou sua medalha e lançou para a torcida. Quem ficou com o objeto foi o inglês Bobby Gill, torcedor dos "Gunners" de apenas dez anos de idade.

"É a medalha do perdedor. É uma boa lembrança para ele", disse o técnico. "Não guardo as medalhas que ganho, portanto não sei por que vou guardar as que me dão quando perco", acrescentou.

'Mou' não parou por aí e continuou envolvendo-se em polêmica. O português esperou os jogadores adversários para parabenizá-los. Para evitar o cumprimento do português, com quem costuma trocar farpas através da imprensa, o treinador do Arsenal, Arsene Wenger, passou por trás do desafeto, que, por sua vez, virou-se e seguiu rumo ao vestiário.

"O Chelsea foi a melhor equipe hoje, teve mais iniciativa, mais controle, mais posse de bola. O Arsenal defendeu muito atrás, com dez homens atrás da bola, estiveram muito organizados. É preciso parabenizá-los", comentou.

Arsenal comemora título da Supercopa da Inglaterra sobre o Chelsea
Mike Hewitt/Getty Images
Arsenal comemora título da Supercopa da Inglaterra sobre o Chelsea


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.