Tamanho do texto

Torcida do CSKA Sofia se revoltou após Ashdod, clube de Israel, ter seu terceiro jogador expulso na partida. Veja o vídeo

Estádio do CSKA Sofia, onde aconteceu o amistoso com o Ashdod, de Israel (Foto de abril de 2011)
Getty Images/EuroFootball/Nikolay Doychinov
Estádio do CSKA Sofia, onde aconteceu o amistoso com o Ashdod, de Israel (Foto de abril de 2011)

O que era para ser um simples amistoso entre CSKA Sofia, da Bulgária, e Ashdod, de Israel, terminou em confusão neste domingo após torcedores do time búlgaro invadirem o campo atrás dos jogadores do clube israelense.

A invasão de campo do Balgarska Armia Stadium, casa do CSKA Sofia, aconteceu no primeiro minuto dos acréscimos depois de o Ashdod ter seu terceiro atleta expulso por uma falta dura. Revoltada, a torcida local passou a jogar garrafas no gramado e o invadiu em seguida (assista abaixo).


Segundo o site búlgaro Sportal, a maior parte dos torcedores que invadiu o campo e perseguiu o jogador que cometeu a falta que originou o terceiro cartão vermelho pertence à "Sector G", ala conhecida por sua violência.

Sem ter para onde ir, os jogadores do Ashdod correram para um setor vazio das arquibancadas. Um vídeo da confusão mostra um dos atletas sendo atingido por uma garrafa na cabeça, mas ainda não há informações sobre feridos.

Mesmo com três a menos, o Ashdod venceu o amistoso por 1 a 0.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.