Tamanho do texto

Juliana López Sarrazola, de 22 anos, está presa desde o dia 18 de julho após ser flagrada com drogas em aeroporto da China

Jogadora e modelo, a colombiana Juliana López Sarrazola, de 22 anos, corre o risco de ser condenada à morte ou à prisão perpétua após ser flagrada com drogas dentro de um notebook no Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, na China, no último dia 18.

Juliana López Sarrazola
Reprodução/Instagram/juli_lopezs
Juliana López Sarrazola

De acordo com informações do jornal espanhol "Marca", a família da jovem, sem ter notícias dela, entrou em contato com a embaixada da Colômbia na China por acreditar que ela estaria desaparecida.

Foi assim que eles descobriram que, na verdade, Juliana estava presa por tráfico de drogas, junto com o noivo, Juan Esteban Marín.

Juliana é jogadora do "Las Divas de Medellín", equipe formada em sua maioria por modelos e que realiza partidas de exibição, há quatro anos.

O objetivo das suas companheiras de equipe é organizar um jogo para arrecadar dinheiro para que os familiares da colombiana possam viajar até a China e contratar um advogado. Eles afirmam que alguém colocou as drogas no computador da atleta sem que ela soubesse.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.