Tamanho do texto

Clube entrou em acordo com o Audax para levar primeiro jogo do Paulistão em casa. Inversão de mando não aconteceu

Palmeiras alugou o Allianz Parque para o Grêmio Osasco Audax
Fernando Dantas/Gazeta Press
Palmeiras alugou o Allianz Parque para o Grêmio Osasco Audax

Depois de cogitar jogar a estreia no Pacaembu , o Grêmio Osasco Audax pediu à FPF (Federação Paulista de Futebol) nova mudança do local para a partida de estreia no Campeonato Paulista, no próximo dia 31. A solicitação aconteceu depois de um acordo entre o clube e a diretoria do Palmeiras , que aceitou alugar o Allianz Parque de graça e abrir mão de parte na renda.

Segundo apurou a reportagem do iG Esporte , o Palmeiras alugaria o novo estádio por R$ 800 mil. No entanto, uma reunião na noite da última terça-feira, definiu que a arrecadação será dividida em 50% para a cada clube e a locação sem nenhum custo ao Grêmio Osasco Audax, que ainda receberá ingressos e lugares para acomodar membros da diretoria no estádio. 

O imbróglio inicial era saber para quem entraria o dinheiro do aluguel: Palmeiras ou WTorre. De acordo com a escritura do Allianz Parque, o renda que seria proveniente da locação do estádio pertenceria à construtora, que é quem faria um repasse percentual ao Alviverde, que desembolsaria R$ 160 mil.

Segundo o texto, no item 4.2.3, "os percentuais de remuneração da exploração da Arena a serem repassados pela Superficiária (WTorre) à Proprietária (Palmeiras) relativos às demais receitas, incluindo a locação da Arena para quaisquer eventos e jogos de futebol, locação de espaços para lanchonetes, academias, cursos e eventos obedecerão aos percentuais, determinados de acordo com o prazo de concessão da Superfície: até cinco anos - 20%; de cinco anos e um dia até 10 anos - 25%; de dez anos a um dia até 15 anos - 30%; de 15 anos e um dia até 20 anos - 35%; de 20 anos e um dia até 25 anos - 40%; e de 25 anos e um dia até 30 anos - 45%".

A negociação foi toda tratada pelo departamento de negócios do clube. A WTorre, por sua vez, garante "que o que está no contrato será cumprido".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.