Tamanho do texto

Diretoria pega exemplo da boa recepção que teve em Cuiabá no clássico diante do Santos, pelo Brasileiro, para projetar uma boa recepção da torcida amazonense em torneio amistoso

A festiva recepção da torcida em Cuiabá para a partida contra o Santos , pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro , encantou elenco e comissão técnica do São Paulo . Às vésperas da disputa de um torneio triangular em Manaus, outro centro bastante distante da capital paulista, a expectativa é de que o apoio seja igualmente significativo.

Leia mais sobre o São Paulo no iG Esporte

Embora não tenha mais Kaká, que passará a defender o Orlando City em janeiro, a equipe ainda contará com Rogério Ceni. O goleiro de 41 anos - e indubitavelmente maior ídolo da geração atual - prorrogou contrato até agosto para ao menos disputar mais uma vez a Copa Libertadores e costuma atrair muitos fãs.

"Ele é um grande ídolo, que só se vê por televisão. As pessoas vão ter faiclidade e vão vê-lo de perto, jogando, treinando, convivendo na cidade, no hotel. É muito importante. A gente tem certeza de que lá muita gente que gosta dele vai ter oportunidade", diz o técnico Muricy Ramalho, em vídeo promocional do evento.

"Poder voltar a Manaus é muito bacana", concorda o próprio camisa 1. "Agora com estádio novo, no qual ainda não joguei. Pelo que vi na TV, ficou muito bonito. A gente vai ter contato com um pessoal que usualmente não está habituado a nos ver jogar, o torcedor manauara".

Os compromissos do São Paulo na Arena Amazônia serão em 23 e 25 de janeiro, contra Vasco  e Flamengo , respectivamente. O início da pré-temporada são-paulina será no dia 8, com reapresentação dos jogadores no CT da Barra Funda. "Dentro da preparação, jogos desse tipo de qualidade são importantes, são testes mais fortes", conclui Muricy.

Depois do triangular amistoso, o primeiro compromisso oficial do time na temporada será em 1º de fevereiro, diante do Penapolense, em Penápolis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.