Tamanho do texto

Com seis vitórias seguidas, time de Manchester alcança os 39 pontos e se iguala ao líder Chelsea, que ainda joga na rodada

A irretocável sequência positiva do Manchester City  foi prolongada na manhã deste sábado. Ao receber o Crystal Palace pela 17ª rodada do Campeonato Inglês , os citizenscontaram com gols de David Silva (2) e Yaya Touré para vencer por 3 a 0. O triunfo amplia o tabu sobre o adversário londrino, que desde dezembro de 1990 não venceu uma vez sequer ao visitar o time de Manchester.

Somando seis vitórias seguidas no Campeonato Inglês, o City alcança os 39 pontos - mesma soma do líder Chelsea, que ainda joga na rodada. O vice-líder seca o rival e volta a campo nesta sexta-feira, na tradicional rodada do Boxing Day da Premier League. O adversário é o West Bromwich, em jogo a ser disputado no The Hawthorns.

Na mesma data o Crystal Palace recebe o Southampton no Selhust Park. A equipe londrina figura perigosamente entre os que lutam contra o rebaixamento no Campeonato Inglês, com apenas 15 pontos somados. O Palace não sabe o que é vitória a um mês, visto que o tropeço deste sábado é o quinto seguido no torneio.

Yaya Toure, Milner e Lampard comemora gol do City sobre o Crystal Palace
Alex Livesey/Getty Images
Yaya Toure, Milner e Lampard comemora gol do City sobre o Crystal Palace

O jogo

Excetuando chutes de fora da área de Samir Nasri, os primeiros 25 minutos do Manchester City não estiveram à altura do que a equipe costuma apresentar. Apostando na bola aérea, foi o Palace quem levou maior perigo neste período. Não fosse o preciosismo de Campbell ao tentar bicicleta de frente para o goleiro ou as boas intervenções de Joe Hart pelo alto, o placar fatalmente teria sido aberto pelos visitantes.

A atuação citizen melhorou com as infiltrações pelos lados. Os desfalques de Aguero e Dzeko aumentaram a responsabilidade de David Silva e Touré na finalização das jogadas. Mas a dupla errou o alvo quando Milner e Navas apareceram bem pelas pontas. Touré ainda serviu Zabaleta pouco antes do intervalo, mas o argentino desperdiçou a melhor chance do primeiro tempo.

A jogada repetiu-se aos seis minutos da etapa final, mas desta vez com sucesso. Surgindo livre na área, Zabaleta tocou atrás para David Silva e o espanhol contou com desvio na zaga para encobrir o goleiro Speroni e abrir o placar.O avanço pelas pontas era tão efetivo que o City passou a jogar exclusivamente por ali. Aos 16, Kolarov descolou cruzamento rasteiro da esquerda e não deu outra: David Silva aproveitou a frouxa marcação rival para bater de primeira e ampliar. O meia não marcava dois gols no mesmo jogo desde o ano passado, quando a Espanha fez 10 a 0 no Taiti pela Copa das Confederações.

Mesmo sofrendo o golpe de estar dois gols atrás do placar, o Palace reuniu forças para responder aos 25 minutos, quando McArthur desperdiçou boa oportunidade em bola aérea. A partir daí o City não tomou mais sustos e controlou o jogo à sua vontade. Tanto que ainda deu tempo de Touré fechar o placar em contra-ataque puxado por Milner, aos 36, o que deu ainda maior tranquilidade ao time da casa até o apito final.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.