Tamanho do texto

Em casa, equipe não teve trabalho para vencer por 2 a 0, nesta quinta-feira, pela 16ª rodada do Campeonato Italiano

Jogando em casa, no Stadio San Paolo, o Napoli não teve trabalho para vencer o Parma por 2 a 0, nesta quinta-feira, em confronto válido pela 16ª rodada do Campeonato Italiano. Com o resultado, o time subiu na tabela de classificação da competição, alcançando a terceira posição com 27 pontos - a 12 de distância da líder Juventus, que também triunfou nesta quinta . Já o Parma segue na lanterna, com apenas seis - menos da metade do que tem o Chievo, primeiro time fora da zona da degola, com 13.

Mertens marca de pênalti para o Napoli e comemora diante do Parma
Salvatore Laporta/AP
Mertens marca de pênalti para o Napoli e comemora diante do Parma


Como era de se esperar pelo mando de campo e a diferença técnica entre as duas equipes, o Napoli foi melhor desde o início. No primeiro tempo, a pressão ficou a cargo do meia Hamsik e do atacante Zapata. Com o bombardeio do colombiano no campo de ataque, foram necessários 19 minutos para que uma das bolas balançasse a rede do Parma.

Veja como está a classificação do Campeonato Italiano

No lance, Zapata recebeu na área, girou bem sobre a marcação de Paletta e, quase caindo, bateu firme no canto do goleiro Mirante, abrindo o placar. Exatos 10 minutos depois, Callejón recebeu na área, dominou com o peito e com categoria, e foi derrubado por Gobbi. O árbitro assinalou a penalidade máxima e ainda amarelou o zagueiro.

Na cobrança, Mertens chutou mal para o lado direito, mas ainda assim a bola atingiu a meta. O goleiro Mirante ainda chegou a tocar nela, mas não conseguiu evitar o gol. Enquanto o Napoli comemorava a ampliação da vantagem, o frustrado arqueiro desferiu uma série de pontapés na trave e na rede que defendia.

Na volta para o segundo tempo, o Napoli teve a chance de aumentar ainda mais a diferença no marcador, mas dessa vez Mirante salvou o Parma do chute de Zapata. Dois minutos depois, Callejón invadiu a área pela direita e arriscou a finalização, mas a bola balançou a rede pelo lado de fora.

Na marca dos 27 minutos, o Gialloblú teve a sua chance de ouro para diminuir a derrota com Francesco Lodi, mas o chute do italiano bateu na trave. A bola ainda voltou e tocou as costas do goleiro brasileiro Rafael Cabral, mas morreu na linha de fundo - não sem antes assustar o ex-santista, que pareceu em choque com o lance. Na sequência, o Napoli desceu em um contra-ataque rápido e quase foi às redes com Higuain, mas Mirante voltou a defender.

No último minuto do jogo, Ghoulam marcou mais um para o Napoli, mas o bandeira assinalou impedimento do argelino, mantendo estático o placar no Stade San Paolo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.