Tamanho do texto

Depois de ser herói na final contra o Barcelona, meia não teve uma boa sequência na carreira, deixando o clube gaúcho

Há oito anos, Adriano Gabiru pintava o mundo de vermelho. Inicialmente criticado pela torcida colorada, o meia ganhou uma chance de Abel Braga e entrou no lugar de Fernandão aos 30 minutos do segundo tempo da final do Mundial de Clubes entre Internacional e Barcelona, no Japão. Cinco minutos depois, o jogador recebeu um passe de Iarley e fez o gol que deu a vitória e o título inédito para a equipe gaúcha. Em entrevista, o jogador relembrou o dia 17 de dezembro de 2006, quando entrou para a história do clube.

Veja:  Após recusa de Luxemburgo, Inter deve procurar Celso Roth ou Mano Menezes

"A sensação foi maravilhosa, muito boa. Aquele gol foi o mais importante da minha carreira e da carreira de todos os jogadores que estavam lá. Tenho boas lembranças do Mundial, mas a que fica é dos amigos, do pessoal que estava lá. Isso foi muito importante.", disse Gabiru, se referindo a nomes como Alexandre Pato, Alex e Clemer. "É algo que ficará para sempre na minha vida e na de todos os colorados."

Adriano Gabiru foi o herói do Mundial
Gazeta Press
Adriano Gabiru foi o herói do Mundial

Depois do gol no Mundial, a carreira do jogador nunca mais foi a mesma. A má atuação no Gauchão de 2007 e a saída de Abel Braga o colocaram pra escanteio. Pouco mais de cinco meses depois do título no Japão, ele foi emprestado para o Figueirense e em seguida para o Sport, mas não conseguiu engrenar. Se antes do Inter ele atuou em clubes como Atlético-PR, Cruzeiro e até pelo Marseille, na França, depois do Sport teve passagem por Goiás, Guarani e clubes menores como Mixto (MT), Corinthians (PR), CSA (AL) - onde fez sua estreia no futebol, em 1997, e para onde retornou em 2012 - e Guarany de Bagé (RS).

No fim de 2013, sem contrato, tentou a sorte no futebol amador, atuando pelo Combate Barreira e pelo Esporte Clube Esperança, times do interior do Paraná. Nesta temporada, assinou com o Conilon (ES), onde disputou o Campeonato Capixaba no inicio do ano, mas atualmente está sem clube.

Durante muito tempo o atleta guardou mágoa do Inter. Há três anos, Gabiru chegou a dizer que não compareceria a uma festa do clube caso recebesse convite. Mas o convite veio em abril de 2014, para festa de reinauguração do Beira-Rio, e Gabiru não só apareceu como foi homenageado e carregado nos ombros pelos ex-companheiros e a raiva foi superada. "Foi uma emoção muito grande. Na hora de rever o gol, a torcida comemorou como se estivesse no Mundial. Fernandão, Iarley, todo mundo estava lá. Foi maravilhoso", relembrou.

Em junho deste ano, um acidente de helicóptero vitimou Fernandão, eterno capitão do Mundial. Gabiru lamentou a morte do colega, de quem tem muitas boas memórias. "É muito triste, eu jamais imaginei que isso fosse acontecer", disse.

Já a relação com a torcida não teve problemas depois do Mundial, pois Gabiru disse ter desculpado os torcedores e as críticas. Quando o elenco desembarcou em Porto Alegre em 2006, torcedores exibiam placas com os dizeres "Me perdoa, Gabiru" e "Gabiru é melhor que Ronaldinho ". O meia diz que até hoje é parado na rua para tirar fotos com colorados, principalmente quando vai à capital gaúcha. Mas ao ser questionado sobre se se considera ídolo, o meia minimiza. "Isso é a torcida que pode dizer. Eu fiz o que precisava fazer naquele dia", avaliou.

Gabiru ainda não tem planos para 2015. Por enquanto, ele vai ficar com a família em Curitiba, onde reside, mas não pretende pendurar as chuteiras agora e aguarda uma oportunidade de voltar a jogar. Em abril deste ano, logo após a festa de reinauguração do Beira-Rio, o jogador disse que voltaria a trabalhar no Inter com o maior prazer, inclusive deixando claro que se aposentaria dos gramados mais cedo para ocupar uma função onde fosse mais útil no clube. Mas por ora, nenhum convite apareceu.

"Mas por enquanto estou tranquilo, passando tempo com a família. Ainda não apareceu nada para ano que vem, mas vamos ver", encerrou o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.