Tamanho do texto

Veterano de 36 anos tem história no clube, mas deve perder espaço em 2015 e pode não ter o contrato renovado

Após rejeitar uma oferta para treinar  o  Internacional , o técnico Vanderlei Luxemburgo segue trabalhando na formulação do elenco do Flamengo  para a próxima temporada. Nesta terça-feira, o treinador falou sobre a situação do lateral direito Léo Moura, de 36 anos. O experiente jogador deseja renovar com o clube por mais um ano, mas a diretoria ofereceu um contrato de apenas quatro meses ao atleta. Com isso, dificilmente ele vai permanecer na Gávea em 2015.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

"Isso é uma situação complicada, pois se o Léo Moura ficar, vão reclamar. Se ele não ficar, também vão criticar. Isso está sendo tratado de forma interna. Sabemos da história dele no Flamengo, mas vamos discutir isso para ser o melhor para o Flamengo e para o jogador", declarou Luxa.

Sobre reforços, Luxemburgo preferiu desconversar e não quis revelar nem quais são as posições que considera mais carentes no elenco. O comandante destacou que a diretoria vem negociando com alguns jogadores, mas não citou nomes.

"A gente sabe que nessa época fica tudo muito difícil. Estamos trabalhando para fortalecer o Flamengo, mas sem pressa. Temos tempo para negociar para trazer bons reforços. Não posso falar as posições que queremos porque vai chover currículo de jogador. A diretoria sabe o que precisamos e está trabalhando para contar jogadores dessas posições. Não queremos atrapalhar o que está em andamento", explicou.

O técnico rubro-negro rechaçou que o Flamengo tenha interesse no lateral esquerdo Zé Roberto. Luxemburgo elogiou o jogador, mas ressaltou que o atleta não se encaixa no perfil procurado pelo clube.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.