Tamanho do texto

Técnico, que trabalhou no Goiás no último Campeonato Brasileiro, foi apresentado nesta segunda-feira

Vitória apresentou nesta segunda-feira seu treinador para a temporada de 2015: trata-se do experiente Ricardo Drubscky, que dirigiu o Goiás na última edição do Campeonato Brasileiro. Durante sua primeira entrevista como comandante rubro-negro, o mineiro de 54 anos já expôs algumas diretrizes de seu planejamento: poucas contratações e aposta na categoria de base.

Primeira proposta do Vitória não agrada Neto Baiano

"Estamos montando o elenco de forma conjunta. O Vitória não vai fazer 20 contratações. Faremos negociações em pontos chaves, pois já temos uma base muito boa. Creio que, com mais cinco nomes, formaremos um time interessante. A busca é por uma equipe forte e digna de representar essa camisa", disse Drubscky, que revelou já ter recebido uma planilha com o nome de jogadores pretendidos pela diretoria, elaborada pelo setor de scout do clube.

Adiante, o profissional revelou estar mais maduro para conduzir o Leão da Barra na tarefa de retornar à elite do Campeonato Brasileiro. Porém, não se esqueceu de mencionar os outros compromissos do clube em 2015, como o Estadual, a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste.

Em carta, presidente do Vitória se responsabiliza por rebaixamento do time

"A Segunda Divisão é difícil por natureza. Todas as equipes começam como postulantes ao título e isso causa uma complicação particular. Porém, vamos pleitear nossa vaga. Trabalharemos forte para isso e venho com mais aprendizado e experiência. Daqui a pouco a gente começa a colocar a bola para dentro e o torcedor volta para o nosso lado. Vai ser um ano promissor", profetizou.

Por fim, Drubscky comentou a possibilidade de voltar a trabalhar com o centroavante Neto Baiano. O camisa 9 rescindiu seu contrato com o Sport e pode ser anunciado pelo Vitória. "Ele trabalhou comigo no Ipatinga. Gosto dele, além de ser um atleta com identidade. Se vier com o espírito de ajudar, incorporando a tarefa de centroavante, vai nos ajudar muito. Porém, vamos esperar as negociações. Dando certo, falarei melhor sobre ele", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.