Tamanho do texto

Apontado como possível reforço da Ponte Preta e alvo de clubes de Portugal, Walter diz que está ansioso para disputar a sua primeira Copa Libertadores e quer ficar no Corinthians

Walter se estica em treino do Corinthians
Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians
Walter se estica em treino do Corinthians

O goleiro Walter avisou que não pretende deixar o Corinthians . Apontado como alvo da Ponte Preta e também como possível reforço de equipes de Portugal, o reserva de Cássio disse estar ansioso por sua primeira Copa Libertadores na formação do Parque São Jorge.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

"É a primeira da minha carreira. É uma competição que todo jogador tem vontade de disputar, e estou muito empolgado com isso", afirmou o atleta de 27 anos, durante jogo beneficente em Barra Bonita, no interior de São Paulo.

"Eu vi algumas especulações de que eu poderia sair, mas estou focado no Corinthians. Não vou sair. Tenho contrato e pretendo ficar por muito tempo", acrescentou o goleiro, cujo compromisso com o clube vai até o final de 2017.Walter se viu envolvido na briga política do Corinthians. O candidato da situação à presidência do clube acreditava em sua saída e acertou com Danilo, da Chapecoense. Mário Gobbi, mandatário até fevereiro, vetou o negócio.

Assim, não havendo surpresas, a equipe seguirá com Walter como principal suplente de Cássio. O jovem Matheus Vidotto também é visto com bons olhos pelos dirigentes da agremiação preta e branca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.