Tamanho do texto

Zagueiro sofreu contratura muscular em jogo da seleção brasileira e participou normalmente dos treinos da semana

Miranda, zagueiro do Atlético de Madri
Andres Kudacki/AP
Miranda, zagueiro do Atlético de Madri

Praticamente um mês após sofrer uma lesão muscular atuando pela seleção brasileira, em amistoso diante da Áustria, o zagueiro Miranda se mostrou recuperado do problema muscular ao participar normalmente dos treinos durante a semana que antecede o jogo com o Villarreal, marcado para a tarde deste domingo, no Vicente Calderón.

Confira classificação, jogos, notícias e artilharia do Espanhol

A contratura muscular que deixou Miranda de molho por mais de quatro semanas fez o brasileiro ficar de fora de seis jogos do Campeonato Espanhol. Apesar de ser a primeira opção para a zaga, ao lado do uruguaio Godín, Miranda não teve sua falta ressentida por conta das boas atuações de Giménez que, inclusive, marcou um golaço na última rodada diante do Elche, fora de casa.

Transparente em relação ao elenco, o técnico Diego Simeone garantiu que Miranda estará entre os onze iniciais contra o Villarreal, mas fez questão de comentar - e elogiar - as atuações do substituto Giménez. "Miranda volta à equipe, mas o Gímenez merece os parabéns, estamos muito contentes com o aproveitamento dele. Esperou muito tempo para ter uma chance e conseguiu aproveita-la em 100%. Foi um jogador que demonstrou seu potencial não com palavras e sim com ações", elogiou Simeone.

O jogo em Madri, capital da Espanha, diante do Villarreal não marca somente o retorno do zagueiro Miranda. A partida é importante porque é a primeira oportunidade do Atlético para voltar a receber um jogo no Calderón após o confronto entre torcidas que marcou a partida entre Atlético de Madri e La Coruña, há duas rodadas, e que culminou na morte de um torcedor, desencadeando, a partir daí, uma série de reuniões para discutir a violência no futebol espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.