Tamanho do texto

Jorge Machado, representante do atacante, disse que Sobis vai procurar uma rescisão amigável com o Flu, após rompimento do clube com a Unimed

Rafael Sóbis tenta escapar da marcação de Norberto
Buda Mendes/Getty Images
Rafael Sóbis tenta escapar da marcação de Norberto

O atacante Rafael Sobis não pretende continuar no Fluminense , depois que o clube ficou sem a patrocinadora que era responsável pelo pagamento dos salários de vários jogadores. Sem a Unimed, Sobis acha difícil que o Tricolor das Laranjeiras consiga cumprir todos os compromissos financeiros com os profissionais que integram o seu elenco.

Mercado da bola: veja as transferências que movimentam o futebol brasileiro

Em entrevista à Rádio Brasil , Jorge Machado, representante do atacante, disse que Sobis vai procurar uma rescisão amigável com o Fluminense, para que possa definir o seu destino logo no início da próxima temporada. Machado explicou que o atacante não tem a intenção de defender outro clube carioca, caso consiga rescindir seu compromisso.

"Eu acho que seria um comportamento profissional, mas, emocionalmente, acho que Sobis não aceitaria vestir a camisa de um rival do Fluminense, pela grande ligação que desenvolveu com o clube e sua torcida. Assim como não aceitaria jogar no Grêmio, rival do Inter, clube que o projetou. Eu acho que ele tem que zelar por sua carreira e aceitar a melhor proposta para dar continuidade à sua trajetória", ressaltou Machado.

O caso de Fred é diferente, segundo Francis Melo, empresário e assessor do artilheiro. Mesmo com a revelação de que o Fluminense deve 20 meses de imagem, a prioridade do camisa 9 é continuar nas Laranjeiras, embora ele espere várias propostas de clubes brasileiros e do exterior.

"Todo final de ano se especula sobre o destino de Fred, mas ele sempre permanece no Fluminense", completou Melo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.