Tamanho do texto

Rival paulista pode cair no mesmo grupo da equipe do Morumbi caso passe por um time colombiano na fase preliminar da competição

Muricy Ramalho, técnico do São Paulo
Leandro Martins/Futura Press
Muricy Ramalho, técnico do São Paulo

O técnico Muricy Ramalho deixa claro que a Copa Libertadores da América é a meta do São Paulo para a próxima temporada. Mesmo assim, o treinador ainda não projeta o possível encontro com o rival Corinthians na fase de grupos.

Para o técnico Muricy, grupo difícil pode fortalecer o São Paulo na Libertadores

"Não penso no Corinthians, eu penso no São Paulo", afirmou o treinador, depois da derrota por 1 a 0 para o Sport , na rodada de encerramento do Campeonato Brasileiro.

Vice-campeão nacional, o time tricolor se classificou direto para a fase de grupos do torneio continental, estando na chave do atual campeão San Lorenzo e também do uruguaio Danubio. O quarto integrante será o vencedor da fase preliminar entre Corinthians e um clube colombiano.Apesar de a Libertadores ser o principal objetivo do São Paulo, inclusive tendo servido como atrativo para a renovação do goleiro Rogério Ceni, Muricy Ramalho promete não deixar o Paulistão totalmente de lado.

"No ano que vem, teremos o foco total na Libertadores, é nosso principal objetivo. Vamos jogar sério também o Paulista, não vamos largar, mas o objetivo é a Libertadores", acrescentou. Antes de se concentrar para as competições de 2015, o São Paulo curte um pouco os resultados obtidos nesta temporada e aproveita as férias.

"Acho que o ano foi bom para nós, porque chegamos entre os quatro da Sul-americana e só ficamos fora por uma injustiça. Depois de ter brigado para não cair no ano passado, neste o time jogou bem, a torcida voltou a apoiar e fomos vice-campeões do Brasileiro, que é muito difícil", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.