Tamanho do texto

Como o Palmeiras ficou apenas no 1 a 1 com Atlético-PR, em São Paulo, o Vitória precisava apenas ganhar em sua casa para se livrar do rebaixamento, mas perdeu por 1 a 0

Kadu e Leandro Damião disputam a bola na partida entre Vitória e Santos
Felipe Oliveira/Getty Images
Kadu e Leandro Damião disputam a bola na partida entre Vitória e Santos

A rivalidade histórica entre Santos e Palmeiras foi deixada de lado neste domingo e o Peixe, que já não tinha o que almejar no Campeonato Brasileiro , venceu por 1 a 0, no estádio do Barradão, em Salvador, em duelo válido pela 38ª e última rodada da competição, e segurou, assim, o Verdão na Série A. Como o Palmeiras ficou apenas no 1 a 1 com o Atlético-PR, em São Paulo, o Vitória precisava apenas vencer em sua casa para se livrar do rebaixamento, mas o time errou demais, criou poucas chances e não teve forças para se manter na elite do futebol nacional.

Na tabela de classificação, o Vitória acabou com 38 pontos, em 17º lugar, enquanto o time de Vila Belmiro fechou o ano em 9º, com 53 pontos marcados.

Veja como ficou classificação final do Campeonato Brasileiro 2014

Apesar de apenas cumprir tabela, o Santos começou melhor a partida deste domingo, no Barradão. Logo aos 3 minutos, Gabriel cruzou para Thiago Ribeiro, que tocou para o meio de cabeça, mas Leandro Damião furou e perdeu uma grande chance.

Aos 9, Airton soltou uma bomba de fora da área e viu Aranha espalmar para escanteio. Na sequência, Marcinho arriscou chute cruzado, mas a bola foi direto pela linha de fundo. Mas a torcida do Vitória fez festa mesmo foi gol o anúncio do gol do Atlético-PR em cima do Palmeiras. Porém, dois minutos depois o alto-falante também anunciou o gol do Bahia em cima do Coritiba e voltou a calar o Barradão.

Com o rubro-negro baiano dando muito espaço, o Peixe chegava com facilidade. Aos 16, Damião fez o pivô e Gabriel acertou a trave, cara a cara.

Na segunda etapa, a única mudança foi o empate o Coxa com o Bahia, em Curitiba. Mesmo precisando apenas de um gol para escapar do rebaixamento e se manter na Série A, já que o empate no Allianz Parque lhe favorecia, o Vitória não encontra forças, muitos jogadores acusaram cansaço, se arrastaram em campo e pouco criaram chances perigosas. O goleiro Aranha praticamente não foi exigido.

Por outro lado, o Santos jogava apenas por profissionalismo, encaixou na segunda etapa, um ataque com Leandro Damião, que saiu frente a frente com o goleiro, mas novamente não aproveitou a chance.

O único gol do jogo saiu já nos acréscimos, quando o alvinegro praiano teve muito espaço e soube aproveitar. Caju fez a assistência e Thiago Ribeiro bateu para marcar. Com isso, O Vitória volta a disputar a Série B do Brasileirão no próximo ano, enquanto o Santos entra de férias de olhos nas eleições presidenciais do próximo sábado.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 0 X 1 SANTOS

Local: Estádio do Barradão, em Salvador (BA)
Data: 7 de dezembro de 2014, neste domingo
Horário: 17 horas (horário de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS-ASP-FIFA)
Assistentes: Fabio Pereira (TO-FIFA) e Rafael da Silva Alves (RS-ASP-FIFA)
Cartões amarelos: SANTOS: Alison, Cicinho e Aranha.
GOL:
SANTOS: Thiago Ribeiro, aos 48 minutos do segundo tempo.

VITÓRIA: Gatito Fernandéz; Ayrton, Kadu, Ednei e Richarlyson; José Welison, Neto Coruja, Cáceres (Willie) e Marcinho (Juan); Vinícius (Beltrán) e Edno.
Técnico: Ney Franco

SANTOS: Aranha, Daniel Guedes (Serginho), Neto (Edu Dracena), David Braz e Caju; Alison, Renato (Alan Santos) e Lucas Lima; Thiago Ribeiro, Gabriel (Cicinho) e Leandro Damião.
Técnico: Enderson Moreira

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.