Tamanho do texto

Atacante é enquadrado na regra E3 da entidade, que pune comportamentos considerados inadequados e até ofensivos

Mario Balotelli, atacante do Liverpool
Getty Images
Mario Balotelli, atacante do Liverpool

O atacante Mario Balotelli se envolveu em mais uma polêmica nesta semana. Após o atleta do Liverpool  publicar no seu Instagram uma imagem considerada racista, a FA (Federação Inglesa de Futebol) anunciou nesta sexta-feira que ele será acusado por conduta imprópria, abusiva e/ou ofensiva. Balotelli tem até as 18h (no horário local) do dia 15 de dezembro para apresentar sua defesa.

A imagem postada fazia referência ao personagem de video-game Super Mario, que dá origem ao apelido do atacante, com os dizeres: "Não seja racista, seja como o Mario. Ele é um encanador italiano, criado por japoneses, que fala inglês e parece um mexicano... pula como um negro e coleta moedas como um judeu".

O atleta do Liverpool foi enquadrado na Regra E3 da Federação Inglesa, que pune comportamentos considerados inadequados e até ofensivos. De acordo com a entidade, a acusação a Balotelli ainda tem agravante por sua postagem ter feito referência a origem étnica, cor, raça, nacionalidade e/ou crença religiosa. Dependendo da gravidade, a punição pode ser multa e/ou suspensão dos gramados.

Balotelli excluiu a imagem minutos após sua postagem. Em um primeiro momento, reagiu às críticas de maneira agressiva, dizendo que quem estava aproveitando para criticá-lo por sua má fase no Liverpool deveria "calar a boca". Depois, o italiano amenizou o tom e pediu desculpas, dizendo que seu intuito era fazer uma brincadeira antirracista, mas acabou tendo o efeito contrário.

*Com Gazeta