Tamanho do texto

Campeonato de 2011 teve 1071 gols, e desde então o número só caiu. Neste ano, faltando uma rodada para o fim, disputa teve apenas 834 gols marcados

A Copa do Mundo voltou a mostrar ao torcedor brasileiro um futebol vistoso, jogado para o ataque e acabou igualando o número recorde de gols de 1998, com 171. O espírito ofensivo, entretanto, parece não ter influenciado o Campeonato Brasileiro , que pela quarta vez consecutiva terá queda no número de gols.

Até a 37ª rodada, finalizada no último domingo, foram marcados 834 gols em 370 jogos disputados. A média é de 2,25 gols por partida (no Mundial, o número foi de 2,67 por jogo). Em 2013, o Brasileiro terminou com 936 gols marcados, 102 a mais que este ano, a uma rodada do final. A média foi de 2,46 gols por jogo. Em 2012, os 20 clubes marcaram 940 gols, contra 1017 em 2011.

Desde 2006, quando o Campeonato Brasileiro começou a ser disputado por 20 clubes e 38 rodadas, será o menor número de gols feitos em uma edição - salvo a praticamente impossível e improvável façanha de 102 gols nos 10 jogos restantes.

A tendência é que o número de gols do artilheiro da competição também diminua em relação aos anos anteriores. Com 17 bolas na rede, Fred, do Fluminense, lidera a lista que tem Ricardo Goulart (Cruzeiro) e Henrique (Palmeiras) logo atrás, com 15 tentos cada. Entre 2013 e 2011, Borges, Fred e Éderson marcaram 23, 20 e 21 gols, respectivamente.

As quatro equipes que mais contribuíram para a quarta queda consecutiva em 2014, até agora, são Criciúma (27), Botafogo (31) e Bahia (29). Os dois primeiros já estão rebaixados, enquanto o Tricolor de Salvador precisa de uma combinação de resultados para não disputar a Segundona em 2015. Já o Grêmio é o único que brigou no lado de cima da tabela, com 35 gols, mas ficou de fora da Libertadores.

Apenas Cruzeiro e Fluminense já passaram dos 60 gols na competição. O São Paulo está com 59 e deve chegar à marca, e se isso acontecer, a competição deste ano iguala 2012, quando três times terminaram o Brasileiro marcando mais que cinco dúzias de gol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.