Tamanho do texto

Segundo jornal, quadro do homem de 43 anos internado com gravidade já pode ser considerado como morte clínica

Um confronto entre torcedores organizados do Atlético de Madri e Deportivo La Coruña, pouco antes do duelo deste sábado entre as equipes pelo Campeonato Espanhol , deixou um homem internado em estado crítico em Madri. Outras 11 pessoas ficaram feridas, entre elas um policial, e foram encaminhadas a hospitais.

De acordo com a polícia local, a briga teria sido marcada com antecedência pelas redes sociais. A confusão aconteceu nos arredores do estádio Vicente Calderón, e se iniciou com a chegada do ônibus com torcedores do La Coruña. Cerca de 50 colchoneros aguardavam a chegada do veículo.

Saul Diges, do Atlético de Madri, comemora seu gol na partida de hoje contra o Deportivo La Coruña
Getty Images/Denis Doyle
Saul Diges, do Atlético de Madri, comemora seu gol na partida de hoje contra o Deportivo La Coruña

As autoridades estimam que, ao todo, cerca de 180 pessoas participaram do conflito. A polícia teve dificuldade para dispersar o grupo, já que os torcedores portavam armas brancas. Duas prisões foram efetuadas e outras 30 pessoas foram identificadas.

Confira a classificação, artilharia e mais notícias do Campeonato Espanhol

De acordo com o jornal "Marca", o quadro do homem de 43 anos internado com gravidade já pode ser considerado como morte clínica. Ele foi encontrado às margens do rio Madri e chegou ao hospital com traumatismo cranioencefálico e hipotermia, tendo sobrevivido a uma parada cardiorrespiratória.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.