Tamanho do texto

"Ele vai ter que se preparar jogando", disse o técnico Muricy Ramalho, momentos antes do anúncio do presidente do São Paulo sobre a renovação de contrato de Rogério Ceni

Rogério Ceni adiou a aposentadoria e jogará até agosto pelo São Paulo
Mauro Horita /Gazeta Press
Rogério Ceni adiou a aposentadoria e jogará até agosto pelo São Paulo

A possibilidade levantada pela diretoria do São Paulo de disputar o Campeonato Paulista com um time formado em sua maioria por garotos das divisões de base não mexerá em uma posição: Rogério Ceni, com contrato renovado até agosto de 2015 , deve ser o titular da meta em todas as partidas.

Confira classificação, jogos, notícias e artilharia do Brasileirão

"Não tenha dúvida disso", falou Muricy Ramalho, na sexta-feira, antes mesmo, segundo ele, de ter certeza se o jogador de 41 anos iria ou não prolongar a carreira.

Leia mais: Ceni adia aposentadoria. Veja outros atletas que mandaram bem até depois dos 40

O treinador alega que o goleiro precisará atuar sempre para se colocar em forma. "É simples a coisa. Ele joga todos os jogos porque ele se prepara jogando. Treinamento de goleiro é um dos mais difíceis. Só que, na idade que ele tem, não dá para treinar o que treinava antes, porque machuca. É muito duro, bruto o treino. Ele já não treina tanto no gol. Ele treina na linha, porque precisa da habilidade com os pés", disse.

A parte mais complicada para Ceni, nesta altura da carreira, é a pré-temporada. Ele sofre muito mais para readquirir a forma física ideal e o tempo de bola na volta das férias, mas aceitou o desafio mais uma vez para poder disputar novamente a Copa Libertadores. O novo contrato, inclusive, encerra-se logo depois das finais do torneio.Disputado paralelamente, o Campeonato Paulista deverá ser posto em segundo plano pelo clube. Recentemente, o presidente Carlos Miguel Aidar revelou interesse em usar a competição estadual para dar experiência a talentos formados em Cotia. Quando é questionado sobre o assunto, Muricy responde que seguirá o que for planejado pelos dirigentes. O treinador só duvida que Ceni aceite ficar fora para dar lugar a Denis, Renan Ribeiro, Leo ou algum garoto.

"Não acredito nisso. Ele vai ter que se preparar jogando", ressaltou, minutos antes de Aidar surgir na sala de imprensa do CT da Barra Funda para anunciar a prorrogação do vínculo do camisa 1. "Renovou para ser o goleiro titular do São Paulo, como ele é, a não ser que perca a condição de titular. Mas isso é um problema técnico", comentou o presidente.