Tamanho do texto

A tão esperada decisão a respeito de futuro do goleiro foi divulgada pelo presidente do clube, Carlos Miguel Aidar

A dois dias da última partida do ano no Morumbi, Rogério Ceni estendeu seu contrato com o São Paulo até agosto de 2015. A tão esperada decisão a respeito de seu futuro foi divulgada pelo presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, no início da tarde desta sexta-feira, minutos após a fornecedora de material esportivo do clube apresentar oficialmente uniforme que preparou em sua homenagem.

Confima imagens da carreira de Rogério Ceni:

"Será a camisa de jogo do dia a dia", disse o mandatário, tendo em mãos a peça de cuja apresentação não participou, segundo ele, justamente para se reunir com o jogador. "Foi neste exato minuto que acertei a renovação. É por isso que não estava aqui", riu.

Aidar mostra a nova camisa de Rogério Ceni
Site oficial
Aidar mostra a nova camisa de Rogério Ceni

Será, portanto, seu 25º ano de clube. O goleiro chegou em 7 de setembro de 1990 e estreou pela equipe três anos mais tarde, em 25 de junho de 1993, ocasião em que ajudou a derrotar o Tenerife-ESP por 4 a 1, durante disputa do Torneio Santiago de Compostela.

Dois dias após eliminação, Rogério Ceni é o único titular a trabalhar com bola

Entre as principais competições que Ceni conquistou jogando, estão a Copa Libertadores (2005), o Mundial de Clubes (no mesmo ano), três títulos brasileiros (2006, 2007 e 2008) e três títulos paulistas (1998, 2000 e 2005), além da Sul-americana de 2013 e a Conmebol de 1994.

Ao todo, são 1.183 jogos e 123 gols. Números que levaram o jogador de 41 anos a conseguir três recordes mundiais: maior número de jogos por um mesmo time (1180), mais vezes capitão de uma mesma equipe (931) e maior artilheiro entre os goleiros (123). O Guinness Book já reconheceu outra marca ainda não homologada, por ele ter ultrapassado Ryan Giggs como atleta com o maior número de vitórias em competições oficiais (594).

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.