Tamanho do texto

De volta à presidência, Eurico Miranda pretende diminuir a folha de pagamento do clube e reformular diretoria de futebol

O diretor executivo do departamento de futebol do Vasco , Rodrigo Caetano, vai deixar seu cargo no próximo sábado, tão logo termine a participação do time na Série B do Campeonato Brasileiro. O time visita o Avaí às 16h20 (de Brasília), no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC), em confronto válido pela última rodada. Com o acesso garantido, a equipe carioca apenas cumpre tabela.

Rodrigo Caetano se reuniu com Eurico Miranda e representantes da chapa que venceu a eleição e toma posse na próxima terça-feira. O dirigente ouviu da boca de Eurico que o clube não teria como seguir pagando seu salário, uma vez que a ideia é contar com diretores amadores e não remunerados. O novo presidente, inclusive, já estaria negociando com alguns nomes, sendo o seu preferido Isaías Tinoco, que está sem clube.

Elenco forte ajuda rivais mineiros a ganhar títulos e driblar maratona de jogos

Neste cenário, Cristiano Koehler, diretor geral do Vasco, também já foi informado que não vai permanecer. Esse fato era esperado porque ao longo da campanha Eurico sempre ironizou a atual administração e as promessas de investimentos feitas por Koehler e que não se concretizaram.

Apesar de estarem de saída, Cristiano Koehler e Rodrigo Caetano se prontificaram de participar da transição para a nova diretoria. O segundo, inclusive, já teve algumas conversas com José Luís Moreira, que vai ser vice-presidente de futebol na gestão de Eurico.

De volta à elite, Joel Santana revela "covardia" e Vasco com elenco dividido

A diretoria ainda não se pronunciou sobre o futuro do técnico Joel Santana, mas dificilmente ele será mantido no cargo. O treinador tem um salário considerado alto para o que a nova diretoria pretende pagar e além disso não conta com um bom relacionamento com o grupo atual, o que pode ser decisivo, já que boa parte da atual base vai ser mantida para os primeiros meses de 2015. Um nome que vem ganhando força nos bastidores de São Januário é o de Gilson Kleina, que recentemente dirigiu o Palmeiras e o Bahia, mas que atualmente se encontra sem nenhum clube. O treinador, porém, já estaria negociando com outros clubes para assumir um time no início da temporada.

Sobre reforços, com o orçamento baixo, a diretoria pretende apostar na criatividade. Alguns empresários que costumam se dar bem com Eurico Miranda e José Luiz Moreira já foram procurados e ganharam a missão de reforçar o Vasco com jogadores de qualidade e com baixo custo.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

Eurico Miranda também conversou com o atual presidente, Roberto Dinamite, para falar sobre números. Na conversa o futuro presidente se mostrou tranquilo em relação ao que lhe foi passado, pois desconfiava que a situação estaria naquele patamar mesmo.

Dentro de campo, Joel Santana deverá definir nesta sexta-feira a formação que vai a campo contra o Avaí. O treinador assegurou que vai escalar o que tem de melhor, pois entende que existem outras equipes interessadas no resultado do jogo do Vasco e que é preciso respeitar a competição. Após o duelo contra os catarinenses os jogadores entrarão de férias e a reapresentação do plantel deverá acontecer em 2 de janeiro. O local onde os atletas farão a pré-temporada ainda não foi definido pelos dirigentes.

* Com Gazeta.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.