Tamanho do texto

De acordo o jornal Olé, os torcedores tinham pedaços de pau e facas nas mãos. O time pega Boca Juniors pela Sul-Americana

Por pouco a luta por ingressos para a semifinal da Copa Sul-americana, entre River Plate e Boca Juniors, não terminou em tragédia. Cerca de 60 torcedores dissidentes da principal organizada do River se enfrentaram na lanchonete do estádio Monumental de Núñez nesta terça-feira.

De acordo com o relato do jornal Olé , os torcedores tinham pedaços de pau e facas nas mãos. O resultado da briga foi um saldo de três feridos, dois deles com traumatismo craniano grave, segundo o diário argentino.

No momento exato em que a confusão começou, jogadores das categorias de base do River deixavam o estádio após treinar. Segundo o Olé , mãe de um garoto foi atingida por uma cadeira e precisou levar nove pontos: cinco na boca e quatro na bochecha.

"Acabo de passar pelo maior medo de minha vida. Nunca vou esquecer como esses filhos da p... apunhalaram essa gente", escreveu no Twitter um jogador das categorias de base do River.

O Superclássico será decidido nesta quinta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio Monumental de Núñez. A primeira partida, disputada na Bombonera, terminou empatada em 0 a 0. Quem se classificar, enfrentará na final da Sul-americana o vencedor do duelo entre Atlético Nacional-COL e São Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.