Tamanho do texto

Para não atrapalhar transmissão da TV, clube aceitou remarcar a data do jogo, que acontecerá no dia em que o novo presidente será eleição. Nobre e Pescarmona disputam o cargo

No mesmo dia em que os sócios escolherão entre Paulo Nobre e Wlademir Pescarmona para presidir o Palmeiras no próximo biênio, o clube terá jogo decisivo para continuar na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. A pedido da televisão, o duelo contra o Internacional foi remarcado para 29 de novembro.

Confira a tabela completa do Campeonato Brasileiro

A CBF comunicou que a partida no Beira-Rio passou das 17 horas do dia 30 para as 19h30 (de Brasília) do dia 29 "para atender à grade de programação do canal SporTV, previsto em contrato".

Por conta da mudança, a delegação palmeirense só deve ter o gerente de futebol Omar Feitosa e, talvez, o diretor executivo José Carlos Brunoro como representantes da diretoria em Porto Alegre. Paulo Nobre e seus vice-presidentes, que também disputam reeleição, certamente ficarão em São Paulo por conta do pleito.

O confronto em Porto Alegre será válido pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Antes, o Palmeiras enfrenta o Coritiba às 19h30 deste domingo, no Paraná, e encerra a sua participação no torneio diante do Atlético-PR, em compromisso marcado para as 17 horas do dia 7, no Palestra Itália.Já o Colorado recebe o Atlético-MG às 19h30 deste sábado e, depois de enfrentar o Palmeiras, fecha sua participação nesta edição da liga nacional visitando o Figueirense às 17 horas do dia 7, em Santa Catarina.

O Palmeiras está com 39 pontos, a um da zona de rebaixamento, enquanto o clube gaúcho busca vaga na Libertadores - soma 60 pontos e, por enquanto, aparece dentro da faixa de classificação, mesmo em quinto lugar, porque Cruzeiro ou Atlético-MG será campeão da Copa do Brasil, assegurando participação no torneio continental.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.