Tamanho do texto

Chileno apresentou um edema na coxa esquerda e dificilmente terá condições de jogar contra o Coritiba, domingo

O torcedor do Palmeiras odeia admitir, mas é em Valdivia que está depositado o fio de esperança para a reabilitação do time no Campeonato Brasileiro. Contrariado pelos médicos, o chileno foi barrado de participar da derrota por 2 a 0 para o Sport , em plena inauguração do Allianz Parque, e agora sabe que as chances são remotas de ele estar em campo domingo , contra o Coritiba.

Confira classificação, tabela de jogos, artilharia e notícias do Campeonato Brasileiro

Apesar de ter levado uma pancada no quadril enquanto servia à seleção chilena, Valdivia preocupa o departamento médico por ter sido diagnosticado com um edema na coxa esquerda. Embora o atleta cogite jogar no fim de semana, o curto período de recuperação deixa profissionais de dentro do clube pessimistas.

Leia mais: Um dia após inauguração, novo estádio do Palmeiras tem pichação e ameaça

"O Valdivia tem um edema na região posterior da coxa esquerda. Ele ficou muito chateado, chorou bastante por não poder participar do jogo. Estava bastante decepcionado em função das circunstâncias e da importância do jogo para o Palmeiras e para ele. Mas era uma questão de preservá-lo, não correr o risco de perdê-lo para o resto do campeonato. É uma decisão conjunta de não correr esse risco. A partir de hoje, continuando o que vem fazendo, acreditamos que talvez evolua o suficiente para participar do jogo de domingo", disse o médico Rubens Sampaio sem admitir publicamente a preocupação.

A ausência de Valdivia evidencia a limitação da equipe no setor de criação e, sobretudo, no poder de reação. O técnico Dorival Júnior, por sua vez, também não conseguiu encontrar um substituto que faça a mesma função do chileno e tem optado por escalar o lateral Victor Luís no meio e responsabilizar Wesley de se aproximar dos atacantes.

Mas esta não é a primeira vez que a dependência do Palmeiras e a ausência de Valdivia atrapalham os planos durante a temporada. Tem sido assim de 2012, quando o Mago desfalcou o time no segundo jogo contra o Millonarios, na Copa Sul-Americana, e ficou fora das últimas rodadas do Brasileirão por conta de uma lesão no joelho esquerdo. Neste ano, ele também não participou da semifinal do Paulistão e oitavas da Copa do Brasil, e o time deixou as duas competições.

Abalado por causa do corte, Valdivia se recusou a se pronunciar nesta quarta-feira, após assistir a partida do próprio camarote, mas ouviu de um torcedor: “Valdivia, você tem que jogar. Volta, porque sem você não dá”. Talvez, o fã tenha razão.

Relembre as ausências de Valdivia em partidas decisivas:

Sul-Americana de 2012

Embora tenha sido relacionado para o primeiro jogo contra o Millonarios, nas oitavas, Valdivia ficou no banco de reservas. No segundo confronto, ficou fora por lesão no joelho esquerdo. Time acabou eliminado na Colômbia.

Brasileirão de 2012

Com uma lesão no joelho esquerdo, Valdivia ficou fora da reda final do campeonato que culminou no segundo rebaixamento da equipe. O último jogo dele havia sido no dia 6 de outubro, contra o São Paulo.

Paulistão de 2013

Com um problema na coxa direita, o meia não entrou em campo contra o Santos, nas quartas de final, e ainda ficou de molho por 114 dias. Time terminou eliminado nos pênaltis.

Libertadores de 2013

Nas oitavas do torneio, eliminação para o Tijuana (MEX), e novamente sem o Mago. Ele não jogou ainda devido à lesão na coxa direita.

Copa do Brasil de 2013

Ele não jogou os dois jogos das oitavas de final, contra o Atlético-PR, por conta do edema na coxa direita.

Paulistão de 2014

Valdivia começou a semifinal contra o Ituano, no Pacaembu, no banco de reservas. E, por conta de um inchaço no tornozelo direito, o meia apenas entrou no segundo tempo aos 25 minutos e não evitou a derrota por 1 a 0.

Copa do Brasil de 2014

No primeiro das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético-MG, Valdivia não jogou. Naquela oportunidade, o então técnico Ricardo Gareca escalou Mendieta o meio-de-campo. O chileno ficou fora por causa de uma lesão na coxa direita. Na segunda partida, no estádio Independência, Valdivia também não atuou por estar em fase de recuperação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.