Tamanho do texto

Equipe paranaense fez 2 a 1 fora de casa e ficou em situação mais confortável, já os cearenses flertam com a degola

O Paraná Clube conseguiu quebrar o estigma de péssimo visitante na Série B do Campeonato Brasileiro e, em um duelo direto com cara de decisão, bateu o Icasa por 2 a 1, em pleno Estádio Mauro Sampaio, em Juazeiro do Norte, e praticamente garantiu sua permanência para 2015. O time paranista, com 47 pontos, chegou à 12ª colocação, oito à frente da zona de rebaixamento com dois jogos a fazer, esperando apenas por um tropeço do América-RN para comemorar sem entrar em campo. Já os donos da casa, com 39, seguem em situação delicada, na 18ª posição.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro da Série B

Em uma partida de muita marcação, o Tricolor conseguiu aproveitar uma das poucas oportunidades na primeira etapa para abrir o placar, aos 35 minutos, com Thiaguinho, fuzilando após aproveitar sobra de bola. Depois do intervalo, Adaílton, aos 17 minutos, tocou com categoria para fazer o segundo. Lucas Gomes, aos 39 minutos, descontou.

Na próxima rodada, o Icasa enfrenta o Vasco a Gama, sábado, no Estádio d Maracanã, no Rio de Janeiro. Já o Paraná Clube terá pela frente o Bragantino, sexta-feira, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA
ICASA 1 X 2 PARANÁ

Local : Estádio Mauro Sampaio, em Juazeiro do Norte-CE
Data : 18 de novembro de 2014, terça-feira
Horário : 19h30 (de Brasília)
Árbitro : Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes : Evandro Gomes Ferreira-GO e Thyago Costa Leitão-PI

Cartões amarelos : Marco Tiago (Icasa); Lúcio Flávio, Marcos e Edson Sitta (Paraná)
Cartões vermelhos
: Carlinhos (Icasa); Alef, Thiaguinho (Paraná)
GOLS:
Thiaguinho, aos 35 minutos do primeiro tempo e Adaílton, aos 17 minutos do segundo tempo

ICASA : Busatto; Ivonaldo, Carlinhos e Marco Tiago; Zeca, Neto (Núbio Flavio), Dodó, Albano (Rodrigo Vitor), Mauri, Luiz Fernando (Roger) e Zeca (Lucas Gomes); Nilson e Erik
Técnico : Vladimir de Jesus

PARANÁ : Marcos; Auremir, Cleiton, Alef e Yan; Edson Sitta, Ricardinho, Thiaguinho e Lucio Flavio (Leandro Vilela); Adaílton (Thaigo Alves) e Carlinhos (Henrique Santos).
Técnico : Ricardinho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.