Tamanho do texto

Partida em Salvador vale três pontos que serão importantes na briga contra o rebaixamento para a Série B

O clima será de final. Porém, ao término dos 90 minutos, o vencedor - se houver - não comemorará nenhum título, mas, com a mesma importância, celebrarão um passo importante para fugir do risco de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Esse é o principal ingrediente para Vitória e Coritiba, nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), no Estádio Barradão, em Salvador.

O Leão, que passou pelo primeiro confronto direto dessa reta final de competição diante da Chapecoense, no final de semana, ganhou mais motivação e, jogando em casa, espera fazer sua parte, afundando o adversário na classificação e emendando a tão sonhada sequência de vitórias. Para isso, o técnico Ney Franco contará com a volta do atacante Vinícius. Em compensação, Richarlyson, que recebeu o terceiro cartão amarelo, está fora.

Pelo Coxa, que passou mais uma rodada fora da zona de rebaixamento, a tabela foi ingrata, com dois jogos fora de casa em um momento delicado. A derrota pra o Flamengo, no Maracanã, no entanto, foi lamentada pelos pontos não somados, mas não pela atuação, especialmente no segundo tempo, que deu esperanças ao torcedor de que é possível voltar da Bahia com pelo menos um ponto na bagagem.

O meia Alex, a cada partida mais próximo de sua despedida, destacou o caráter decisivo do confronto, que aumentou após a última rodada, e quer mesmo é os três pontos. "Virou mais decisivo do que já era, pois agora nós temos o mesmo número de pontos. O Vitória conseguiu um bom resultado em Santa Catarina e isso torna o jogo desta quarta ainda mais difícil. Vamos para lá conscientes de que podemos obter um bom resultado. A ideia é a vitória, não tem como não ser diferente nesse momento, com apenas 12 pontos em jogo", avaliou.

Novamente a escalação está cercada de mistério. O técnico Marquinhos Santos tem a volta do zagueiro Welinton, porém perdeu Leandro Almeida, suspenso, o que deve levar o treinador a optar por dois zagueiros. Pelo meio, Rosinei segue fora, em tratamento no departamento médico. A dúvida está em povoar o meio-campo, com a entrada do volante Sérgio Manoel, ou colocar mais um atacante, Zé Love ou Keirrison, ao lado de Joel.

FICHA TÉCNICA -  VITÓRIA-BA X CORITIBA-PR

Estádio: Manoel Barradas, Salvador (BA)
Data: 19 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Celso Luiz da Silva - MG

VITÓRIA: Wilson; Nino Paraíba, Kadu, Roger Carvalho e Mansur; Adriano, Cáceres, José Welison, e Marcinho; Edno (Vinicius) e Dinei
Técnico: Ney Franco

CORITIBA: Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Welinton e Carlinhos; Hélder, Gil, Sérgio Manoel (Zé Love), Robinho, Alex; Joel
Técnico: Marquinhos Santos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.